Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

A “Oração da Hora”: uma forma incrivelmente simples de manter-se perto de Deus

gardening
Stefanolunardi | Shutterstock
Compartilhar

A presença de Deus é fascinantemente real e singela - e basta um segundo para nos lembrarmos de que Ele está aqui!

Os irmãos maristas herdaram da espiritualidade de São Marcelino Champagnat uma prática de piedade muito simples e efetiva para se lembrarem de Deus ao longo de todo o dia.

O objetivo é manter constantemente o “exercício da presença de Deus”. E uma das formas para isto é a “Oração da Hora”: Pela proposta de São Marcelino, os irmãos fariam uma rápida pausa nas suas atividades toda vez que o sino soasse nas horas cheias e elevariam a Deus uma breve oração.

Quer tentar também?

O “SINO” – Programe o alarme do seu celular para soar de hora em hora.

“COMENTÁRIO” ESPONTÂNEO – Quando ouvir esse lembrete, faça algum “comentário” espontâneo com Deus como se fosse com algum colega de trabalho ou com alguém de casa! Sem qualquer cerimônia: com toda a simplicidade e espontaneidade do mundo.

DURAÇÃO? – Pode ser 1 minuto, ou 10, ou míseros 3 segundos!… Não se preocupe com o tempo. Você por acaso marca uma “duração mínima” para os comentários informais que faz com seus amigos ao longo da jornada? Pois é: Deus também não precisa de formalidades para você se lembrar d’Ele ao longo do dia. Para Ele, um segundo de atenção sincera e de amor verdadeiro já é uma alegria inimaginável!

ASSUNTO? – Qualquer “comentário” com Deus é válido: um breve agradecimento, um desabafo de filho, um oferecimento do trabalho, o pedido de uma graça, uma intercessão por outra pessoa, uma palavra de louvor e adoração, uma comunhão espiritual… Ou apenas reze o “Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo“, ou qualquer outra prece que você quiser!

UM EXEMPLO MARAVILHOSO DE ORAÇÃO – Uma prece especialmente singela e ao mesmo tempo intensa é a chamada “Invocação ao Nome de Jesus“, que é tão simples quanto dizer:

Senhor Jesus Cristo, tende piedade de mim!”

…Ou qualquer variação dessa mesma prece, como “Senhor Jesus Cristo, Filho de Deus, tende piedade de mim, pecador!”, ou Senhor Jesus, misericórdia!”… Trata-se apenas de invocar Jesus e entregar-se à Sua misericórdia infinita!

SEM PALAVRAS – Aliás, você não precisa sequer de palavras para se unir a Deus: um instante de recolhimento e contemplação silenciosa, um simples olhar para o crucifixo, um singelo “abraço espiritual” em Jesus… Qualquer desses atos, se feito com amor, pode ser a mais sublime das orações. Santa Teresinha do Menino Jesus nos ensinou:

Para mim, a oração é um impulso do coração, é um simples olhar lançado para o céu, é um grito de gratidão e de amor, tanto no meio da tribulação como no meio da alegria“!

Simples assim!