Aleteia

A Oração das Obras de Misericórdia

WIGILIA DLA UBOGICH
EAST NEWS
Compartilhar

“Onde houver um faminto… onde houver um sedento… onde estiver um enfermo… que eu seja para todos a misericórdia do Teu amor”

A seguinte oração foi publicada pelo pe. Flávio Sobreiro no portal da Canção Nova. Ela evoca as obras de misericórdia corporais, a respeito das quais você pode saber mais neste artigo:

Oração das Obras de Misericórdia

Cristo, Mestre do Amor e da Paz,
fazei-me instrumento da Tua misericórdia.

Onde houver um faminto,
que eu partilhe o pão de cada dia
e o amor que sacia toda solidão.

Onde houver um sedento,
que eu dê um copo de água,
mas também distribua a Água Viva
que emana da Fonte Misericordiosa
do Teu Sagrado Coração.

Onde estiver um enfermo,
que eu leve Tua presença celestial
com meu sorriso paciente,
com meu olhar compassivo
e com minha alma amiga.

Onde encontrar um desanimado,
que eu renove suas esperanças
com o otimismo das manhãs de sol.

Onde encontrar os peregrinos,
que eu caminhe com eles,
como irmão desta jornada de dores e alegrias.

Senhor, que eu aprenda contigo
a perdoar as injúrias,
consolar os aflitos,
sofrer com paciência as fraquezas dos próximo.

Que eu seja para todos
a misericórdia do Teu amor
em gestos, palavras e coração.

Assim seja!

Boletim
Receba Aleteia todo dia