Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 25 Outubro |
Santo Antônio de Sant’Anna Galvão 
Aleteia logo
home iconReligião
line break icon

“Fake news” transformaram coro de fiéis em suposto protesto contra Francisco

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE

Antoine Mekary | ALETEIA | I.MEDIA

Vatican News - Reportagem local - publicado em 30/08/18

Notícia vergonhosamente manipulada deu a volta ao mundo nesta quarta-feira

A partir de artigo de Alessandro Gisotti para o Vatican News

A cena é a habitual das quartas-feiras na Praça São Pedro. O Papa conclui a sua catequese, concede a sua bênção e cumprimenta pessoas. Da praça ergue-se um coro: são os fiéis que festejam alguém querido a eles e que naquele momento está saudando pessoalmente o Santo Padre.

Na manhã desta quarta-feira, 29, os crismandos da diocese italiana de Lucca entoaram em coro o nome “Italo”: trata-se do seu bispo, dom Italo Castellano, que, naquele instante, estava cumprimentando o Papa Francisco na Praça São Pedro.

Uma notícia de primeira página – mas falsa

Tudo normal se não fosse pelo fato de que alguém se disse convicto de ter ouvido um coro que exaltava “Viganò”, o ex-núncio nos EUA, autor de um recente documento de acusação contra o Papa.

A notícia é daquelas que fazem clamor, de primeira página. Mas é falsa.

Para constatar isto seria suficiente ouvir com atenção o vídeo do Vatican News no Youtube, acessível a todos gratuitamente: pode-se notar muito bem, mesmo quando não se sabe que o coro era para “Italo”, que, certamente, ele não era para “Viganò”.

O caso é que, em poucos minutos, a “notícia” se tornou viral nas mídias sociais e, a partir delas, como acontece cada vez mais, passou para veículos da “grande mídia”. Aparentemente, sem checagem de fatos.

Fake news desmascaradas

Em alguns sites de jornais, portanto, lemos que o Papa “foi contestado” pelos fiéis na Praça São Pedro, que exaltavam o “grande acusador” Carlo Maria Viganò.

A verdadeira notícia surge em breve, graças ao profissionalismo daqueles que se dão ao trabalho de ouvir novamente o áudio e “descobrir” a presença na Praça São Pedro do grupo de fiéis da cidade de Lucca – eles que, durante algumas horas, graças a esta fake news, se tornaram “famosos” sem querer.

A história, que tem aspectos surrealistas e até mesmo cômicos, é na verdade o sintoma perturbador de um sistema midiático que, na busca exasperada do “furo de reportagem”, não analisa os fatos, mas os molda ao que acha que é a expectativa do seu público.

O próprio Papa já explicou a dinâmica das notícias falsas

Precisamente o Papa Francisco, na sua última Mensagem para o Dia Mundial das Comunicações Sociais, explicou eloquentemente quais são as dinâmicas que levam à propagação de falsas notícias como esta. A eficácia das fake news, observa o Papa,

“…é devido principalmente à sua natureza mimética, isto é, à capacidade de parecer plausível. Em segundo lugar, essas notícias falsas, falsas mas prováveis, são cativantes, no sentido de que são capazes de capturar a atenção dos destinatários”.

O Papa observa em seguida um “uso manipulador das redes sociais“: as notícias falsas “ganham tal visibilidade que até mesmo as desmentidas com autoridade dificilmente conseguem conter os danos“.

O que está em jogo? O que preocupa o Papa?

Para Francisco, as “razões econômicas e oportunistas da desinformação estão enraizadas na sede de poder” que “nos faz vítimas de um imbróglio muito mais trágico de cada singular manifestação: o do mal, que se move de falsidade em falsidade para nos roubar a liberdade do coração“.

Confiança no bom jornalismo

Desde o início de seu Pontificado, Francisco manifestou grande confiança nos operadores da informação. Uma confiança reafirmada ano após ano, concedendo numerosas entrevistas também a meios de comunicação que não têm nenhum poder – como a revisita dos sem-casa de Milão ou à rádio de uma favela argentina – e nunca evitando as perguntas dos jornalistas, mesmo as mais desconfortáveis. Um ato de confiança (e de responsabilidade) que renovou aos jornalistas precisamente no caso do documento de Viganò: “Vocês têm a capacidade jornalística suficiente para tirar as conclusões“, disse o Papa no voo de volta da Irlanda: “é um ato de confiança“.

Uma confiança que recorda a essência da profissão jornalística, que busca a verdade e não a fabrica.

___________

A partir de Vatican News

Tags:
Papa Francisco
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Casal brasileiro com 8 filhos espera gêmeos
Francisco Vêneto
Jovem casal brasileiro com 8 filhos espera gêmeos: “cada um vale ...
2
Papa Emérito Bento XVI
Francisco Vêneto
Bento XVI: “Espero me unir logo” aos amigos que já estão na etern...
3
Papa Francisco São José Menino Jesus
Ricardo Sanches
A oração a São José que o Papa Francisco reza todos os dias há 40...
4
Reportagem local
A bela lição que este menino deu a todos ao se aproximar do Papa
5
São João Paulo II
Reportagem local
A última frase de São João Paulo II antes de partir desta vida
6
Ary Waldir Ramos Díaz
O papa que enfurece o diabo: São João Paulo II fez exorcismo dent...
7
Don José María Aicua Marín
Dolors Massot
Padre morre de ataque cardíaco enquanto celebrava funeral
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia