Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Ataque a faca deixa dois feridos na estação central de Amsterdã

PARIS METRO
By dade72 | Shutterstock
Compartilhar

A estação central de Amsterdã recebe 250.000 pessoas por dia

Duas pessoas ficaram feridas nesta sexta-feira (31) em um ataque com faca na estação central de Amsterdã – anunciou a Polícia holandesa, acrescentando que o agressor foi baleado.

“A polícia atirou em um suspeito após um incidente com arma branca na estação Central de Amsterdã”, informou a força de segurança no Twitter, relatando que a estação foi evacuada, e o tráfego ferroviário, interrompido.

Alguns minutos depois, a Polícia atualizou a informação e indicou que o local não havia sido completamente evacuado e que apenas duas plataformas estavam fechadas aos passageiros.

Os dois feridos e o agressor, cuja identidade não foi revelada, foram levados para o hospital.

A estação central de Amsterdã recebe 250.000 pessoas por dia, de acordo com o guia de viagens Amsterdam.info.

As circunstâncias da agressão não estão claras, e a Polícia preferiu não qualificar o incidente como um ataque, deixando as possibilidades abertas “a todo tipo de situação”.

“Concentramos nossa investigação nas motivações (do agressor), mas contemplamos todo o tipo de situação”, explicou uma fonte policial.

De acordo com fontes da Polícia de Amsterdã, o agressor é um homem de cerca de 30 anos.

Uma das testemunhas do ataque assegurou que viu uma mulher em uma loja de flores com um ferimento em uma das mãos, sangrando.

“De repente, ouvi uma série de tiros e percebi que alguma coisa não estava bem”, declarou Richard Snelders em declarações à agência local ANP. Poucos minutos depois, viu outro homem deitado no chão.

“A primeira coisa que pensei é que era um atentado terrorista. Houve grande pânico”, relatou.

A Polícia, que chegou rapidamente, ordenou em inglês que um homem permanecesse no chão depois de baleá-lo, segundo a testemunha. “Tudo aconteceu muito rápido”, acrescentou.

Várias ambulâncias e viaturas da Polícia estão na parte externa da estação ferroviária.

“Um grande número de policiais continua presente”, constatou um jornalista da AFP no local.

Na Holanda, praticamente não houve atentados terroristas nos últimos anos, diferentemente de outros países europeus, como França, Reino Unido, Bélgica, Alemanha, ou Espanha. Segundo as autoridades, porém, o nível de ameaça é elevado.

A estação em questão está localizada no centro histórico da cidade holandesa, famosa por seus canais fluviais.

Vários ataques com arma branca foram realizados na Europa nos últimos anos. O último deles resultou em duas mortes e um ferido grave, em 23 de agosto, em Trappes, nos subúrbios de Paris. O grupo extremista Estado Islâmico (EI) assumiu a responsabilidade pelo incidente, mas as autoridades francesas disseram que o caráter terrorista do ataque ainda não foi confirmado.

(AFP)