Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Receba o nosso boletim

Aleteia

Papa Francisco reza esta oração a São José há 40 anos

Papa Francisco São José Menino Jesus
AFP PHOTO / POOL / Alessandra Tarantino
Compartilhar

“Gosto de São José. Tem tanto poder! Há mais de 40 anos recito uma oração que encontrei em um antigo missal francês"

O Papa Francisco recebeu em audiência os participantes do Capítulo Geral dos Oblatos de São José, com os quais compartilhou uma breve oração que reza todos os dias ao pai adotivo de Jesus.

“Gosto de São José. Tem tanto poder! Há mais de 40 anos recito uma oração que encontrei em um antigo missal francês que diz: São José ‘cujo poder faz possíveis as coisas impossíveis’”, compartilhou o Papa.

“O poder de São José. Nunca, nunca disse que não. Devemos tomar exemplo disso”, acrescentou.

O Pontífice recordou que “Deus se serve de todos, de modo particular, dos mais pequeninos, humanamente desprovidos, para implantar e fazer crescer o seu Reino”.

“Por isso, encorajo-os a continuar a viver e a trabalhar na Igreja e no mundo com as virtudes simples e essenciais do Esposo da Virgem Maria: a humildade, que atrai a benevolência do Pai; a intimidade com o Senhor, que santifica toda obra do cristão; o silêncio e a discrição, unidas ao céu e à laboriosidade em favor da vontade do Senhor”.

Francisco também destacou que “frente a uma cultura superficial que ressalta a posse de bens materiais e promete a felicidade por meio de perigosos atalhos, vocês não duvidam em encorajar os jovens a fortalecer o espírito e a formar uma personalidade madura capaz de mostrar força, mas também ternura”.

“A maior alegria é falar aos jovens de Jesus Cristo, lendo com eles o Evangelho, situando-os no contexto da vida. Esse é o melhor caminho para construir um futuro mais sólido”.

(via ACIdigital)