Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 16 Abril |
Santa Maria Bernarda (Bernadete) Soubirous
home iconEstilo de vida
line break icon

A revolução que os jovens estão provocando no mercado de trabalho

OFFICE,WORKERS

Shutterstock

Cecilia Zinicola - Reportagem local - publicado em 06/09/18

A nova geração de profissionais não quer sacrificar tudo em nome do trabalho - e muitas empresas foram obrigadas a rever conceitos

A dura realidade do mercado de tralho está demonstrando que quem aposta todas as suas fichas na profissão tende a viver muitos anos na solidão. E se há algo que fica claro nesta história é que nenhum sucesso profissional justifica o fracasso familiar.

Quem tem a intenção de desenvolver uma carreira de sucesso não deve nunca encontrar na família um limite para isso. Pelo contrário. Ao encarar um projeto familiar, o jovem aposta alto na felicidade humana e compreende que a sua vida não termina com a aposentadoria.

Como contrapartida à falta de apoio e aos fortes obstáculos ao êxito familiar às custas do sucesso na profissão, um fenômeno impulsionado pelos jovens está passando a valorizar a qualidade de vida ao integrar família e trabalho.

Esta espécie de rebelião contra a ideia de se viver exclusivamente para o trabalho já começou a ganhar força no mundo inteiro. Os jovens priorizam uma vida com equilíbrio entre o trabalho, esporte, descanso, os amigos e a vida familiar.

Uma filosofia que já chegou às empresas e já impactou os responsáveis pelos departamentos de recursos humanos. Os resultados são contundentes. As companhias que adotam essa cultura conseguem captar profissionais com maior qualificação –especialmente as mulheres -, retêm esses talentos na empresa com mais facilidade e conseguem reduzir a taxa de absenteísmo (em torno de 30%).

Quando o funcionário tem uma maior identidade com a empresa, o trabalho dele passa a ser mais produtivo e a empresa mais rentável. Atualmente, está sendo discutindo, inclusive, uma nova versão das normas ISO, através da qual será medida a qualidade da empresa em função das culturas familiarmente responsáveis que ela adota.

Provas desta nova cultura institucional são as medidas a favor da maternidade. As empresa que permitem que as mulheres com filhos pequenos trabalhem em casa e recebam o mesmo salário conseguem resultados altamente positivos.

É exatamente isso o que os jovens estão buscando no mercado de trabalho. Com essa nova cultura de integração entre família e empresa, ganham todos: a companhia, o colaborador e sua família, a sociedade e o país.




Leia também:
O que você precisa saber sobre os millennials

Tags:
FamíliaJuventudeTrabalho
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens poderosas
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Não desprezem o templo nem posem de católicos avançados, alerta o...
3
MIGRANT
Jesús V. Picón
O menino perdido no deserto nos convida a refletir
4
Frei Jorge e o cãozinho frei Carmelito
Francisco Vêneto
Humanizar os animais não é amá-los, pois desrespeita sua natureza...
5
São José e a Sagrada Família
Reportagem local
Oração a São José para nos guiar “no caminho da vida”
6
SPANISH FLU
Bret Thoman, OFS
Como o Padre Pio encarou a pandemia de gripe espanhola
7
Aleteia Brasil
Havia um santo a bordo do Titanic?
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia