Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 22 Janeiro |
São Vicente Pallotti
home iconEstilo de vida
line break icon

Como encontrar o esporte mais adequado para você

Swimmer in Pool

Getty Images

Cerith Gardiner - publicado em 07/09/18

As roupas que foram separadas e doadas abriram espaço para nadadeiras, óculos, bonés de natação, toalhas

Alguns anos atrás, antes de completar 40 anos, eu decidi reorganizar o meu armário. Eu iria começar esta nova década que muitos de nós tememos sabendo o que eu gosto, sabendo o que me convém, parecendo e me sentindo ótima!

Eu queria poder dizer que foi um sucesso, mas foi um desastre absoluto. Não só percebi que não tinha roupas que me faziam me sentir ótima, mas descobri que a maioria delas estava apertada. Então, minha tarde de me sentir revigorada, renovada e pronta para atingir o grande 4.0 foi um fiasco – literalmente, considerando que eu estava chateada, no chão, chorando por mim e por minha roupa excessivamente apertada.

Eu poderia ter procurado uma barra de doce para me dar esse breve sentimento de conforto, mas decidi, em vez disso, finalmente fazer algumas mudanças racionais. Eu tirei as roupas que estavam apertadas – ambas pré-bebês. Aceitando que esses quadris provavelmente iriam ficar, ensaquei tudo e levei as roupas para um centro de doação local, imaginando que uma mulher pudesse entrar na minha calça sem ter que prender a respiração. Não é que eu não pensei que nunca mais seria fina ou magra novamente, mas minhas roupas não eram apenas o fator motivador e determinante.

Eu considerei meu nível de saúde e fitness. Muitos dos meus amigos mais velhos me advertiram que eu realmente tinha que começar a cuidar de mim mesma quando a meia idade estivesse chegando. Então, corajosamente decidi tentar algum tipo de esporte, uma palavra que eu tinha sido alérgica por muito tempo. Eu sabia que uma dieta nunca funcionaria – e que a vida é muito curta para abandonar o chocolate –, e eu também adoro comida. Eu sabia que tinha que fazer as coisas do jeito difícil, já que não sou naturalmente atlética – nem tenho um par de tênis. A grande questão era: qual esporte escolher?

Havia, naturalmente, as tendências usuais do momento, como Pilates e todos esses tipos de exercícios elásticos, flexíveis e exigentes, mas simplesmente não são para mim. Eu vi tantas belas fotos de Instagram de pessoas maravilhosamente flexíveis e suaves se equilibrando em um dedo enquanto sorriam para as profundezas de um abismo. E tanto quanto eu admiro a bravura e equilíbrio dessas pessoas, eu sei minhas limitações – eu tenho medo de altura. Mas, a verdadeira fonte da minha relutância vem de já ter tentado Pilates… uma vez. Não tive muito sucesso. Foi quando eu percebi que a sabedoria realmente vem com a idade: aceite suas fraquezas.

Então… talvez correr? Mas, não posso correr; doem meus joelhos e meu orgulho, já que sempre desisto logo. O meu médico também disse que não é tão bom para as pessoas com má circulação, então foi assim, a corrida foi cortada da minha lista.

Água…

Eu amo nadar, mas o único problema estava em ter que vestir um maiô e revelar minhas pernas texturizadas para o mundo. Mas eu sabia que não estava sozinha, pois até mesmo amigas que parecem “perfeitas” para mim se sentem vulneráveis em um maiô. Sentindo-me capacitada, fui à piscina local decidida a aprender a nadar. Eu reservei uma aula… e eu não olhei para trás.

Eu estou na piscina agora pelo menos duas vezes por semana, mesclando braçadas e velocidade, e eu me sinto forte. Eu tenho músculos que eu nunca soube que existiam, minha asma melhorou, e eu posso subir as escadas e conversar ao mesmo tempo. Há tantos benefícios físicos e mentais em relação à natação, por isso não é uma surpresa que seja o quarto esporte mais popular da América. Os médicos dizem que a natação é uma excelente fisioterapia pós-cirurgias, incluindo câncer de mama.

E meus filhos estarão especialmente satisfeitos por descobrir que fazer natação constantemente pode prolongar nossas vidas. E, embora o tamanho do meu vestido não tenha mudado, eu pareço mais firme. E quanto ao meu armário, as roupas que foram separadas e doadas abriram espaço para nadadeiras, óculos, bonés de natação, toalhas…

Mas finalmente encontrei meu esporte. Pode não ser a última tendência, e pode significar que eu tenho que me arrastar para a piscina no frio, mas quando estou na água me sinto maravilhosa e, pela primeira vez em muitos anos, sinto-me no controle… Eu me sinto saudável.

Tags:
Bem estarEsporteSaúde
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Larry Peterson
Ela se divorciou duas vezes, teve 8 filhos, virou freira e levou ...
2
FETUS
Francisco Vêneto
Abortos no mundo em 2021 já superam mortes por covid em toda a pa...
3
POPE AUDIENCE
Reportagem local
A oração de cura que pode ser dita várias vezes por dia
4
Aleteia Brasil
O testemunho de São Sebastião, o soldado mártir do Império Romano
5
Aleteia Brasil
Na íntegra: as três partes do Segredo de Fátima - e uma interpret...
6
Pope Audience Wednesday
Vatican News
A importância de ir à Missa aos domingo, segundo o Papa Francisco
7
Aleteia Brasil
5 milagres que a ciência tentou, mas nunca conseguiu explicar
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia