Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 18 Abril |
São Galdino
home iconReligião
line break icon

Papa: o bispo é homem de oração

BISHOP SMARTPHONE

M. MIGLIORATO I CPP I CIRIC

28 octobre 2017; Un évêque écrit sur son smartphone durant le dialogue (Re) Thinking Europe Une contribution chrétienne au futur du Projet Europe, dans la nouvelle salle du synode du Vatican.

Vatican News - publicado em 09/09/18

“Quem é o bispo? Gostaria de expor com vocês três traços essenciais"

Não sejam carreiristas, nem ambiciosos: apascentem o rebanho de Deus “não como patrões das pessoas a vocês confiadas, mas fazendo-se modelos do rebanho”. Foi a exortação do Papa Francisco no discurso este sábado (08/09) na Sala Clementina, no Vaticano, aos bispos dos territórios de missão participantes do Seminário promovido pela Congregação para a Evangelização dos Povos.

O discurso do Pontífice foi todo ele dedicado à identidade e missão do bispo. “Interrogamo-nos sobre a nossa identidade de pastores para ter mais consciência desta, mesmo sabendo que não existe um modelo-padrão idêntico em todos os lugares”, disse inicialmente o Santo Padre acrescentando que “graças à efusão do Espírito Santo, o bispo é configurado a Cristo Pastor e Sacerdote. É chamado a ter os lineamentos do Bom Pastor e a tomar para si o coração do sacerdócio, ou seja, a oferta da vida”.

Portanto, disse, o pastor “não vive para si, mas está voltado a dar a vida pelas ovelhas, em particular, as mais vulneráveis e em perigo.” “Peço-lhes que tenham especialmente gestos e palavras de conforto por aqueles que experimentam marginalidade e degradação; mais do que os outros, estes precisam perceber a predileção do Senhor, de quem vocês são as mãos solícitas”.

“Quem é o bispo? Gostaria de expor com vocês três traços essenciais: é homem de oração, homem do anúncio e homem de comunhão”, continuou Francisco.

“Homem de oração. O bispo é sucessor dos Apóstolos e, como os Apóstolos, é chamado por Jesus a estar com Ele. Ali encontra a sua força e a sua confiança. Diante do tabernáculo aprende a entregar-se e a confiar no Senhor. Assim amadurece n’ele a consciência de que também de noite, quando dorme, em meio ao cansaço e suor no campo que cultiva, a semente amadurece.”

“É fácil levar uma cruz no peito, mas o Senhor nos pede para levar uma cruz muito mais pesada nas costas e no coração: pede-nos para partilhar a sua cruz.”

“Homem do anúncio. Sucessor dos Apóstolos, o bispo recebe como próprio o mandato que Jesus deu a eles: ‘Ide e anunciai o Evangelho’. ‘Ide’: o Evangelho não se anuncia estando sentado, mas pondo-se em caminho. O bispo não vive em escritório, como um administrador empresarial, mas no meio do povo, pelas estradas do mundo, como Jesus. Leva o seu Senhor onde não é conhecido, onde é desfigurado e perseguido.”

Qual é o estilo do anúncio? – perguntou-se Francisco. “Testemunhar com humildade o amor de Deus, justamente como fez Jesus, que por amor se humilhou. O anúncio do Evangelho sofre as tentações do poder, da satisfação, do retorno de imagem, do mundanismo. Há sempre o risco de cuidar mais da forma do que da substância, de transformar-se mais em atores do que em testemunhas, de atenuar a Palavra de salvação propondo um Evangelho sem Jesus crucificado e ressuscitado.”

“Homem de comunhão. O bispo não pode ter todos os dons, o conjunto dos carismas, mas é chamado a ter o carisma do conjunto, ou seja, a manter unidos, a cimentar a comunhão. A Igreja precisa de união, não de solistas fora do coro ou de condutores de batalhas pessoais. O Pastor reúne: bispo para seus fiéis, é cristão com seus fiéis. Não faz notícia nos jornais, não busca o consenso do mundo, não tem interesse em tutelar o seu bom nome, mas ama tecer a comunhão envolvendo-se em primeira pessoa e agindo com mansuetude. Não sofre de falta de protagonismo, mas vive radicado no território, rejeitando a tentação de ausentar-se frequentemente da Diocese e foge da busca de glórias para si.”

Por fim, o Papa exortou os bispos a fugirem do clericalismo, “muito comum em numerosas comunidades nas quais se verificaram comportamentos de abuso sexual, de poder e de consciência”, frisou. Pediu que os bispos tenham a peito particularmente algumas realidades: as famílias, os seminários, os jovens e os pobres.

(Vatican News)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens poderosas
2
MIGRANT
Jesús V. Picón
O menino perdido no deserto nos convida a refletir
3
Ordenação sacerdotal
Francisco Vêneto
Ex-testemunha de Jeová será ordenado padre católico aos 25 anos
4
Pe. Zezinho
Reportagem local
Não desprezem o templo nem posem de católicos avançados, alerta o...
5
MARY, CRUSH, SNAKE
Desde la Fe
10 poderosas armas para lutar contra o demônio
6
SPANISH FLU
Bret Thoman, OFS
Como o Padre Pio encarou a pandemia de gripe espanhola
7
Reportagem local
Hoje celebramos Santa Bernadette, a menina que viu Nossa Senhora ...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia