Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

5 razões pelas quais você não deve beber água de uma garrafa de plástico

WOMAN,HIKING,WATER,BOTTLE
Shutterstock
Compartilhar

Pode não ser uma questão de vida ou morte, mas também não é a melhor ideia

As garrafas plásticas de água são onipresentes hoje em dia e, muitas vezes, concentramo-nos no fato de que a água é, em geral, a coisa mais saudável para bebermos. No entanto, também devemos pensar sobre o recipiente que usamos para armazená-la e consumi-la. Nem todos os materiais são igualmente seguros e ecológicos. Aqui estão cinco razões pelas quais devemos evitar a água potável de garrafas de plástico:

  1. Contaminação química

Quando uma garrafa de plástico experimenta altas temperaturas (por exemplo, quando você a deixa no carro em um dia quente), as camadas superficiais de plástico podem liberar um produto químico chamado bisfenol A (BPA), que pode contaminar a água que você está tomando. Qual é o grande problema? Embora você esteja apenas ingerindo uma pequena quantidade de BPA, esse produto químico pode imitar o estrogênio (nosso corpo não sabe diferenciar) e pode afetar seu sistema endócrino ou, possivelmente, aumentar o risco de endometriose e câncer de mama. Não há um consenso científico completo sobre o nível de perigo, mas, por que arriscar quando há alternativas mais seguras?

  1. Dificuldade em engravidar

Ainda não existem estudos suficientes para provar isso com total certeza, mas alguns estudos indicaram que as mulheres com níveis elevados de BPA no sangue ou na urina têm maior dificuldade em engravidar, devido ao desequilíbrio hormonal resultante.

  1. Seu orçamento

Nem todo país ou cidade possui água potável; no entanto, mesmo nesses casos, é muito mais acessível e mais saudável, comprar um filtro ou uma grande jarra de vidro de água (que você pode reutilizar sem qualquer problema) e reabastecer todo dia, ao invés de comprar garrafas plásticas de água. É surpreendente o quanto você pode gastar com água engarrafada.

  1. Bactérias

Ao contrário das garrafas de alumínio ou de vidro, as formas plásticas formam fissuras muito mais facilmente (mesmo que você apenas as aperte com força), e as bactérias podem crescer nessas rachaduras. Quanto mais usamos e reutilizamos uma garrafa de plástico, maior o risco de contaminação e proliferação bacteriana. A maioria desses microrganismos não é prejudicial, mas há uma pequena porcentagem deles que pode fazer você ficar doente. O risco de ficar doente de bactérias em garrafas de água de plástico reutilizadas – especialmente se você não as lavar adequadamente – pode realmente ser maior do que o risco de contaminação química. (Ler este artigo do Huffington Post poderia ser suficiente para evitar que você reutilize novamente uma garrafa de plástico…)

  1. Mãe Terra

Embora seja verdade que as garrafas de plástico podem ser recicladas, as estatísticas mostram que poucas pessoas realmente lidam com lixo reciclável corretamente, então a maioria dos frascos acaba junto com o resto do lixo. Se essa tendência persistir, os especialistas prevêem que haverá aproximadamente 12 milhões de quilos de lixo plástico até o ano de 2050; nós devemos lembrar que o plástico não é biodegradável, então essas garrafas podem levar séculos para desintegrar-se.

Comprar água em garrafas de plástico pode ser uma solução necessária se estivermos apertados, mas com um pouco de previsão, geralmente podemos encontrar alternativas que serão melhores para nossa saúde, nossa carteira e o futuro do nosso planeta.