Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Por que as pessoas gritam quando estão com raiva?

Por Nong Mars/Shutterstock
Compartilhar

Uma linda história sobre o que a raiva faz com o seu coração

No Tibete, conta-se que um velho sábio perguntou a seus seguidores o seguinte:

– Por que as pessoas gritam quando estão com raiva?

Os homens pensaram por alguns instantes:

– Porque perdemos a calma, respondeu o primeiro, é por isso que gritamos.

– Mas por que gritar quando a outra pessoa está ao seu lado?, o sábio perguntou. Não é possível falar com ele em voz baixa?

E prosseguiu:

– Por que você grita com uma pessoa quando está com raiva?

Os demais seguidores deram algumas outras respostas, contudo, nenhuma delas deixou o sábio satisfeito.

Finalmente ele explicou:

– Quando duas pessoas estão com raiva, seus corações se distanciam um do outro. Para encurtar essa distância, gritam para serem ouvidos. Quanto mais irritados estiverem, mais fortes terão de gritar para se fazerem ouvir através dessa grande distância .

Então o sábio perguntou:

– O que acontece quando duas pessoas se amam?

– Eles não gritam, falam suavemente, responderam os seguidores.

E o sábio completou:

– Por quê? Porque seus corações estão muito próximos. A distância entre eles é muito pequena.

E o sábio continuou:

– Quando as pessoas se apaixonam ainda mais, o que acontece? Elas não falam, apenas sussurram e se aproximam ainda mais de seu amor. Finalmente, elas nem precisam sussurrar, apenas olham um para o outro e é isso. É assim que duas pessoas são próximas quando se amam.

E, encerrando a explicação, concluiu:

– Quando você argumentar, não deixe seus corações se afastarem. Não permita que saiam da sua boca palavras que os distanciem ainda mais. Pois, se assim proceder, chegará um dia em que a distância é tão grande que você não encontrará o caminho de volta.

(via Pazes)