Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Sacerdote acusado de abusos sexuais se enforca aos 38 anos de idade

Pe. Jean Baptiste Sebe
Arquidiocese de Rouen, via ACI Digital
Compartilhar

Arcebispo se manifesta: "Em nosso mundo, não podemos resistir sem a misericórdia"

O corpo do pe. Jean-Baptiste Sebe, da paróquia São João XXIII, em Rouen, na França, foi encontrado no último dia 18 de setembro, enforcado.

Segundo informações da agência AFP repercutidas pela ACI Digital, uma mulher havia denunciado o sacerdote de 38 anos à polícia por supostos abusos sexuais contra a sua filha, informação que ainda não foi confirmada nem desmentida pela arquidiocese de Rouen.

Em comunicado divulgado no mesmo dia 18, o arcebispo dom Dominique Lebrun lamentou o suicídio do pároco e manifestou solidariedade para com a sua família e entes queridos:

“Pensamos imediatamente na sua família, nos seus pais, irmãos e irmãs, e lhes informei rapidamente. Pensávamos nas pessoas próximas, na sua paróquia, no seu trabalho de formação no colégio Saint-Dominique, nos alunos, nos colegas, em todos os que o acompanhavam. Penso em vocês, sacerdotes da diocese, e nos demais. Há muitas perguntas em nossos corações. Por quê?

Em nosso mundo não podemos resistir sem a misericórdia. Confiamos Jean-Baptiste a nosso Senhor, que não veio para condenar, mas para salvar o mundo. Confiamos a sua família e os seus entes queridos a Jesus, que veio para nos dar a paz.

De todo o coração, rezamos a Nossa Senhora de Bonsecours. Proponho, se vocês puderem e quiserem, um momento de oração fraterna e de amizade com Maria às 20h desta terça-feira. Estaremos juntos durante meia hora na basílica e depois nos encontraremos no salão da paróquia”.

As investigações sobre as denúncias de abuso sexual prosseguirão. Oremos também para que a justiça seja feita de modo a esclarecer os fatos, seja para demonstrar a inocência, seja para comprovar a culpabilidade do sacerdote. Em qualquer dos casos, peçamos a Deus que dê conforto espiritual também à jovem envolvida no dramático episódio, bem como à sua família.

Conforme bem recorda a agência ACI Digital ao noticiar o fato, Rouen é a mesma jurisdição eclesiástica à qual pertencia o pe. Jacques Hamel, sacerdote de 85 anos que foi assassinado por terroristas do Estado Islâmico durante a celebração da Santa Missa, em julho de 2016. O pe. Jacques está hoje em processo de beatificação.

_______

A partir de matéria da ACI Digital