Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

7 maneiras de um pai ocupado se relacionar mais profundamente com seus filhos

FATHER AND SON WORKING
By Syda Productions | Shutterstock
Compartilhar

Empregos exigentes e tempo livre podem dificultar a construção bem-sucedida de relacionamentos pai-filho, mas essas dicas irão ajudar!

Ser pai, marido e trabalhador é, muitas vezes, algo difícil de conciliar. Entre chegar em casa em uma hora ruim, fazer uma rápida refeição antes de responder alguns e-mails atrasados e depois ir para a cama, não é de admirar que seja difícil encontrar tempo para gastar com seus filhos.

Mas, antes deles crescerem e irem para a faculdade, você precisa apreciar a importância de estar com seus filhos e criar vínculos com eles ao longo da vida. Às vezes, temos que dar um passo para trás e analisar, para que possamos perceber o que falta em nossas vidas e ver como podemos fazer mudanças positivas.

Um estudo da UNICEF sobre educação infantil em 74 países diferentes, em particular países em desenvolvimento, mostrou que mais da metade das crianças com idades entre 3 e 4 anos não tem a oportunidade de passar algum tempo com seus pais. Não existem histórias antes de dormir, não existem atividades domésticas diárias compartilhadas e não há tempo para se divertirem juntos. No topo desta lista de países estavam Mali e Suazilândia, em que 86% dos jovens nunca tiveram tempo dedicado para relação pai-filho; no outro extremo da lista estavam Montenegro e Catar, cuja população jovem passou a maior parte do tempo com seus pais. Mas, geralmente, o estado das relações pai-filho é doloroso. E em nossas próprias casas?

Se você é pai, talvez você já tenha vivido esse problema, e talvez você mesmo tenha experimentado isso quando era mais jovem. Talvez ler sobre este problema é como olhar no espelho: você volta tarde do trabalho, sentindo-se cansado e ausenta-se de alguns momentos com seus filhos antes de ir para a cama. Talvez você se sinta menos capaz do que sua esposa.

Mas, tenha certeza: não poder colocar um jantar gourmet na mesa ou dizer a diferença entre um vestido e uma saia, não significa que você seja incapaz de cuidar de seus filhos amados. Na verdade, eu o aconselho a fazer tudo o que puder desde o início para passar o maior tempo possível com eles, porque se você esperar até ter idade suficiente para isso, será mais difícil estabelecer um relacionamento profundo e significativo com eles.

Então, o que um pai pode fazer para compartilhar um tempo significativo com seus filhos? (Sugestão: não precisa ser nada extraordinário!) Aqui estão 7 chaves para ajudá-lo a desenvolver uma melhor relação pai-filho:

  1. Concentre-se em tarefas diárias

Vesti-los, dar banho, brincar… Alguns pais caem na armadilha de pensar que eles precisam encontrar, a qualquer custo, algum “tempo de qualidade”, ou tempo especial extra junto com seus filhos. Se você gasta menos tempo com seus filhos do que com sua mãe, isso não significa que você deve se sentir obrigado a levá-los a uma ilha exótica ou a pular de bungee jumping. Não me interprete mal, as férias especiais são fantásticas, mas o que realmente conta é o que está acontecendo logo abaixo do seu nariz, em casa. Você verá em breve que em muitas áreas você é o especialista – o melhor! Por exemplo, meu marido constrói estruturas magníficas com blocos de madeira. Ele também é aquele que escolhe os melhores filmes e livros para ler.

  1. Compartilhe os trabalhos que tendem a ser reservados para os pais

Até mesmo a mais nova das crianças pode se juntar para lavar o carro (não há nada mais divertido do que se molhar em um dia quente), elas podem ajudar a colocar um prego na parede, e elas podem ser um ajudante crucial ao consertar o encanamento. O que os adultos podem considerar uma tarefa, as crianças podem considerar entretenimento. É também a oportunidade perfeita para os pais e seus filhos se juntarem e compartilharem algumas ligações, enquanto estão ocupados consertando a casa.

  1. Priorize histórias para dormir

A maioria das crianças conhece o amor quando é o pai quem lê uma história à noite. Talvez seja reconfortante ter um pai tão perto – banindo os “monstros noturnos”. No caso das crianças que passam mais tempo com suas mães durante o dia, muitas vezes adoram ter seu pai totalmente focado por alguns minutos. Não é apenas divertido para elas; isso faz bem para as crianças. Os pesquisadores de Harvard publicaram descobertas que mostravam que crianças cujos pais liam histórias à noite tinham melhores notas, melhores habilidades de concentração e menos problemas comportamentais. Isso parece ser devido ao fato de que os pais e as mães fazem às crianças diferentes tipos de perguntas sobre a história, estimulando diferentes tipos de pensamento.

  1. Saia e se concentre em atividades físicas

Os pais muitas vezes desafiam as crianças a empurrar seus próprios limites. Meu marido permite que as crianças façam coisas que eu nem poderia imaginar. Por exemplo, escalar árvores perigosamente altas, usar ferramentas. Você não o verá repetir um milhão de vezes: “Tenha cuidado, tome cuidado, não vá longe demais e não fique sujo”. É importante para as crianças adquirir coragem, confiança e habilidades e os pais são frequentemente tão bons em ajudar as crianças a fazer isso através de atividades físicas e desafios.

  1. E os jogos de tabuleiro?

Há tantos benefícios em um jogo. Além de divertir o jovem e o velho, você está ajudando a ensinar seus filhos muitas habilidades e virtudes, como lógica, estratégia, construção, paciência e honestidade. E mais, quando seus filhos se tornam adolescentes, você perceberá que esta é uma das coisas raras que ainda apreciará fazer com você.

  1. Ajude com coisas relacionadas à escola

Não sei por que, mas parece que tudo relacionado com a escola e as atividades extracurriculares cai no domínio da mãe. Há espaço para que ambos os pais compartilhem suas paixões, quando houver tempo. Meu marido está muito mais interessado na resolução de problemas do que eu, então ele está no comando da lição de matemática. E quando se trata de história, muitos homens estão fascinados com planos de batalha e formação de tropas, então por que não compartilhar essa paixão com seus filhos?

E não é apenas uma questão de assuntos individuais: com mais e mais bullying ocorrendo na escola, ambos os pais precisam ser mais vigilantes e prontos para intervir, se necessário. E enquanto isso é frustrante, minhas amigas e eu percebemos que muitas vezes nossos maridos causam uma maior impressão aos professores do que nós causamos durante as reuniões escolares.

  1. Rezem juntos

Fale com o seu filho sobre Deus. As crianças criam sua imagem de Deus através de suas ações e seu relacionamento com você. Um homem de verdade é aquele que é capaz de se ajoelhar.

 

Texto original escrito por: Joanna Operacz