Aleteia
Quinta-feira 22 Outubro |
São Moderano
Atualidade

Temporada de Nobel 2018 começa na segunda sem Prêmio de Literatura

Chris Campbell-cc

Agências de Notícias - publicado em 28/09/18

A polêmica provocou a renúncia de oito dos 18 membros da Academia, que ficou sem o quórum mínimo de 12 pessoas

A entrega dos prêmios Nobel de 2018 começa nesta segunda-feira (1º) com as distinções científicas, sem a de Literatura, adiada até o ano que vem, devido a um escândalo de abuso sexual ligado à Academia Sueca.

A instituição, que recebeu várias críticas por premiar o cantor americano Bob Dylan em 2016, anunciou no início de maio que o Prêmio de Literatura de 2018 será entregue junto com o de 2019.

A origem do escândalo é o francês Jean-Claude Arnault, acusado de estupro, ou agressão sexual por pelo menos 18 mulheres em novembro de 2017, semanas depois das denúncias contra o produtor de cinema americano Harvey Weinstein. A amplitude das denúncias acabou levando à criação do movimento #MeToo.

A maioria das investigações preliminares sobre Arnault foi abandonada por falta de provas, ou porque os crimes prescreveram, mas a Justiça sueca julgou um caso de estupro que remonta a 2011. Esse veredicto é esperado para segunda-feira, mesmo dia da entrega do Nobel de Medicina.

Casado com uma integrante da Academia Sueca, Arnault é suspeito de ter assediado acadêmicas e mulheres, ou filhas, de acadêmicos. Uma investigação independente, feita a pedido da Academia por conta do escândalo, revelou os conflitos de interesse, a cultura do silêncio, as rivalidades internas e a opacidade que imperam na instituição.

A polêmica provocou a renúncia de oito dos 18 membros da Academia, que ficou sem o quórum de 12 pessoas necessário para funcionar.

O escândalo foi “desastroso para a reputação” da Academia, lamenta Madelaine Levy, crítica literária do jornal “Svenska Dagbladet”.

“É uma velha instituição – criada em 1786 – que deveria ter sido reformada há tempos”, afirma ela.

– A hipótese coreana –

Depois do Nobel de Medicina na segunda-feira, serão entregues o de Física, na terça; o de Química, na quarta; o da Paz, na sexta; e o de Economia, em 8 de outubro.

Na falta da premiação de Literatura, o da Paz, o único Nobel anunciado e entregue em Oslo, concentrará todas as atenções.

Não existe uma lista oficial de candidatos. Sabe-se apenas seu número: foram 329 indicações este ano. Entre os nomes que circulam, está o do presidente americano, Donald Trump, por sua cúpula com o dirigente norte-coreano, Kim Jong-un.

Segundo o diretor do Instituto Internacional de Pesquisa sobre a Paz de Estocolmo (Sipri), Dan Smith, recompensar Trump seria “inoportuno”, após sua retirada de acordos multilaterais sobre o clima e Irã.

Poderia, então, o prêmio ser concedido ao presidente sul-coreano, Moon Jae-in, artífice de uma grande aproximação com a Coreia do Norte?

Seria “prematuro”, opina Dan Smith, que recorda as desilusões sofridas após a entrega do Nobel da Paz a seu predecessor Kim Dae-jung em 2000.

Entre os demais nomes potencialmente na disputa, estão o célebre cirurgião congolês Denis Mukwege e a yazidi Nadia Murad. Ambos lutam contra a violência sexual.

Dois organismos das Nações Unidas, o Programa Mundial de Alimentos (PMA) e a Agência da ONU para Refugiados (Acnur), também estão entre os favoritos, assim como o blogueiro saudita Raif Badawi e associações de defesa da liberdade de imprensa e dos direitos humanos na Rússia.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
CARLO ACUTIS
John Burger
Como foram os últimos dias de vida de Carlo A...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
nuvens sinais
Reportagem local
Estão sendo fotografados "sinais do céu"?
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Char...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia