Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Uma humanidade nova que se torna presença política

COMPASS METAL
Compartilhar

Mais do que identificar alguém, ou combater para a vitória de um ou outro, que estes dias possam ser a ocasião para descobrir algo mais

O cristianismo, Cristo, é exatamente aquilo que foi para André e João quando foram atrás d’Ele. Imaginem quando Ele se voltou, e como foram arrebatados. E quando foram à casa d’Ele…. É sempre assim até agora, até este momento! (L. Giussani).

Estes dias são uma ocasião privilegiada para sairmos da hipocrisia. Qual é a nossa contribuição que, como cristãos, queremos dar à sociedade? O que nos interessa nestes dias?

O encontro com Cristo gera um olhar que faz descobrir todo o valor da pessoa.

É disso que eu faço experiência?

O valor, aquilo que vale, aquilo que torna cada um de nós único é termos sido objeto de um olhar. Um olhar que deseja o bem para todos, também para o inimigo, isto é, para aquele que não pensa como eu, ou que pensa o contrário.

A “pessoa” é cada um de nós: de esquerda, de direita, branco ou preto, pobre ou rico. Onde tudo hoje tende a distinguir e a separar, o encontro imprevisto e imprevisível com essa Presença, hoje, tende a unir, tende a gerar um olhar que não separa, mas ama. Nos faz descobrir que antes de sermos separados, antes de sermos divididos temos, podemos ter, algo que nos une.

É verdade isso pra mim?

O valor da pessoa, morada do desejo de infinito, e portanto única; o valor da vida que nos é dada; o valor do povo, porque por causa dessa vida que nos é dada todos nós temos algo em comum.

Acredito nisso? De verdade?

Esses valores nascem hoje de algo que vem antes, que precisamos redescobrir porque para muitos de nós se tornou óbvio. É essa experiência real, vivida, não falada, que gera um olhar que torna os homens e as mulheres presenças políticas, quer dizer, pessoas que mudam os espaços onde vivem. E os mudam para melhor e para o bem de todos, não só de uma parte.

Mais do que identificar alguém, ou combater para a vitória de um ou outro, que estes dias possam ser a ocasião para descobrir algo mais, algo mais elevado, algo mais deslumbrante: quem somos nós? Pessoas em busca, pessoas que compartilham um desejo infinito de bem antes de tudo o que possa nos dividir.

Naquele dia, dois jovens encontraram um olhar que revolucionou a vida deles. “Imaginem quando Ele se voltou!”.

Se isso fosse possível hoje para mim, esse sobressalto de um olhar que sempre desejei encontrar, seria o início de um olhar novo entre nós: entre o homem e a mulher, entre os amigos, entre os sócios de uma empresa…. Uma nova humanidade que se torna um bem para o mundo, que se torna presença política.

Eu acredito na possibilidade dessa descoberta hoje para nós!

Boas eleições!

Tags:
Política