Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Receba o nosso boletim

Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Aleteia

Outubro: mês do rosário e de um importante desafio

NABOŻEŃSTWO POKUTNE
James Coleman/Unsplash | CC0
Compartilhar

O rosário é uma das maneiras mais eficazes de recorrermos à intercessão de Maria

Outubro é o mês das missões e de Nossa Senhora, a mais santa de todas as mulheres. Mas por que outubro? Simples: o dia 13 de outubro marca a data final das aparições de Maria aos pastorinhas de Fátima. Essa aparição ficou conhecida como o “milagre do sol”. Além disso, 7 de outubro está marcado no calendário da Igreja como o dia de Nossa Senhora do Rosário, razão pela qual se institui o mês inteiro para a oração do rosário.

Modelo de fé, Maria está sempre pronta para nos atender. Uma das maneiras mais eficazes e poderosas de recorrermos à gloriosa e celeste intercessão da Mãe de Deus é o SANTO ROSÁRIO. O rosário é oração simples, mas poderosa e nos traz grandes benefícios. Com esta oração podemos enfrentar vitoriosamente as forças do mal. Podemos também confiar a Maria todas as preocupações, necessidades, dificuldades problemas intenções e esperanças pessoais das famílias a Igreja e do mundo.

No rosário, Maria, santuário do Espírito Santo, ao ser suplicada por nós, apresenta-se em nosso favor diante do Pai que acumulou de graça e do Filho nascido das suas entranhas, pedindo conosco e por nós.

Um desafio 

Em setembro de 2017, Gretchen R. Crowe fez um chamado no jornal católico OSV Newseekly: que cada um reze 31 rosários no mês de outubro, ou seja, um por dia.

O desafio abrange todo mundo, sem distinção de idade, sexo ou estado civil. É para religiosos e leigos, casados e solteiros, homens e mulheres, jovens e crianças. Ela ainda apresenta cinco dicas para nos ajudar nesse desafio:

  1. Escolha seu rosário favorito. Escolha aquele que tem um sentido ou significado importante para você. Crowe dá o exemplo do dela: um belo rosário de contas vermelhas que ela ganhou de seu esposo e o qual ela levou em suas mãos do dia em que eles se casaram. “Qual é o seu favorito?”, pergunta a autora do artigo da OSV Newsweekly;
  2. Escolha o lugar e o horário para rezar. Pode ser em sua comunidade, em sua casa, no caminho para o trabalho, enquanto você se exercita no parque, antes de dormir… “se for algo consistente, o local não importa”;
  3. Busque uma intenção para que você possa focar durante a oração. Pode ser a mesma intenção todos os dias ou mudar durante as semanas. Qualquer intenção que diz respeito à sua situação particular vale a pena;
  4. Reze com uma pessoa com que você se identifique. Pode ser um amigo, um parente, alguém que trabalhe com você ou que vá à igreja que você frequenta. Vocês não precisam rezar juntos. Mas devem se motivar. Perguntem-se sistematicamente durante o mês: “Você já rezou seu rosário hoje?”. Por isso, combine com alguém que o desafie, não que seja condescendente contigo;
  5. Reze, Reze, Reze o Rosário. Todos os dias. Por 31 dias.