Aleteia
Segunda-feira 26 Outubro |
São Fulco
Atualidade

Nobel da Paz premia heróis da luta contra violência sexual

NOBEL PRIZE

Glimpse of Sweden - Shutterstock

Agências de Notícias - publicado em 05/10/18

Médico e vítima, respectivamente, Denis Mukwege e Nadia Murad encarnam uma causa planetária que supera o âmbito dos conflitos

O ginecologista congolês Denis Mukwege e a ex-escrava sexual yazidi Nadia Murad são os vencedores do Prêmio Nobel da Paz de 2018 por seus “esforços para acabar com o uso da violência sexual como arma de guerra”.

Médico e vítima, respectivamente, Denis Mukwege e Nadia Murad encarnam uma causa planetária que supera o âmbito dos conflitos, como evidencia o movimento #MeToo, iniciado há exatamente um ano por revelações da imprensa sobre casos de abuso sexual.

“Denis Mukwege e Nadia Murad arriscaram ambos pessoalmente suas vidas, lutando corajosamente contra os crimes de guerra e pedindo justiça para as vítimas”, afirmou a presidente do Comitê Nobel, Berit Reiss-Andersen.

“Um mundo mais pacífico só pode ser alcançado se as mulheres, sua segurança e os direitos fundamentais forem reconhecidos e preservados em tempos de guerra”, completou.

Os nomes de Denis Mukwege, ginecologista que atende mulheres estupradas na República Democrática do Congo (RDC), e da yazidi Nadia Murad, ex-escrava dos extremistas do Estado Islâmico (EI) e ativista, estavam entre os favoritos ao Nobel da Paz deste ano.

– ONU celebra –

A ONU celebrou o “anúncio fantástico, que ajudará a fazer avançar o combate contra a violência sexual como arma de guerra nos conflitos”.

“É uma causa muito importante para as Nações Unidas”, afirmou a porta-voz da ONU em Genebra, Alessandra Vellucci.

Os cinco membros do Comitê Norueguês escolheram entre 331 candidaturas, individuais, ou de organizações, propostas ao prêmio.

Vários analistas consideravam o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, e o líder norte-coreano, Kim Jong-un, como grandes favoritos pela aproximação entre os dois países.

Outro favorito inesperado nas casas de apostas era o presidente americano, Donald Trump. O site Betsson apontava seu nome muito à frente de outros governantes, como o francês Emmanuel Macron, a britânica Theresa May, ou o russo Vladimir Putin.

No ano passado, o prêmio foi atribuído à Campanha Internacional para a Abolição das Armas Nucleares (ICAN) por sua contribuição para a aprovação de um tratado histórico de proibição de armas atômicas.

Após o prêmio da Paz, o único que é entregue em Oslo, a categoria de Economia encerra na próxima segunda-feira a temporada do Nobel 2018.

O prêmio consiste em uma medalha de ouro, um diploma e um cheque de 9 milhões de coroas suecas (990.000 dólares).

Os vencedores receberão seus prêmios em Oslo e Estocolmo no dia 10 de dezembro, aniversário da morte do idealizador da premiação, Alfred Nobel (1833-1896).

Este ano, o prêmio de Medicina foi concedido ao americano James Allison e ao japonês Tasuku Honjo por trabalhos sobre a capacidade de defesa do corpo em relação a casos de câncer agressivos, como o de pulmão, ou o melanoma.

Na terça-feira, a canadense Donna Strickland se tornou a terceira mulher a vencer o Nobel de Física, compartilhado com outros dois cientistas, o francês Gérard Mourou e o americano Arthur Ashkin, por terem revolucionado a técnica do laser.

Na quarta-feira, a americana Frances Arnold se tornou a quinta mulher a vencer na categoria Química. Ela compartilha o prêmio com o também americano George Smith e o britânico Gregory Winter por pesquisas que modificaram as propriedades das enzimas com fins terapêuticos e industriais, inspirando-se nos princípios da evolução e da seleção natural.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa Francisco e casais homossexuais: o que e...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia