Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 20 Abril |
Santa Inês de Montepulciano
home iconReligião
line break icon

URGENTE: Papa expulsa 3º padre abusador em menos de 1 mês na América Latina

LIST PAPIEŻA FRANCISZKA

AP/EAST NEWS

Ary Waldir Ramos Díaz - Reportagem local - publicado em 05/10/18

Ontem foi um sacerdote do Equador que, aos 91 anos, perdeu o estado clerical em caráter definitivo e inapelável

O Papa Francisco demitiu do estado clerical o pe. César Cordero Moscoso, da Arquidiocese de Cuenca, no Equador, por abuso sexual contra crianças e pessoas vulneráveis.

A “demissão do estado clerical permanentemente e perpetuamente no tempo” foi notificada ao sacerdote de 91 anos neste 4 de outubro de 2018, após a conclusão do processo canônico iniciado em abril, com os devidos prazos de acusação formal, defesa e investigação.

Francisco já tinha avisado a todo o clero católico que, nos casos de condenação por tais aberrações, jamais concederia indulto. Embora dezenas de sacerdotes e até bispos já tenham sido condenados pelo Vaticano recentemente, só neste mês é o terceiro caso de grande repercussão na América Latina. Os dois anteriores aconteceram no Chile, país particularmente sacudido por escândalos de abusos perpetrados por clérigos.


KARADIMA

Leia também:
URGENTE: Papa Francisco expulsa do estado clerical Fernando Karadima


POPE FRANCIS

Leia também:
Papa Francisco expulsa padre culpado de abusos sexuais

A acusação

O padre equatoriano tinha sido legalmente acusado de abuso sexual contra crianças que estudavam nas escolas que ele próprio havia fundado mais de 50 anos atrás. Em abril, a vítima Jorge Palacios informou ter sofrido abusos na escola Miguel Cordero durante o ensino fundamental.

A Igreja Católica em Cuenca informou:

“Mantemos o compromisso de continuar trabalhando para erradicar todos os abusos físicos, psicológicos e sexuais que podem ocorrer no seio de famílias e em instituições de qualquer tipo, particularmente contra menores, bem como acompanhar espiritualmente as vítimas”.

O comunicado acrescenta:

“É importante enfatizar que a responsabilidade legal não é institucional, mas pessoal. No entanto, como instituição, agimos com verdade, transparência e rapidez conforme exigido pela lei canônica”.

Encerrado agora o processo canônico, as vítimas que desejarem continuarão as demandas judiciais contra o padre.

“Ex-padre”?

O termo “ex-padre” é bastante difundido e seu sentido é compreensível, mas impreciso.

Na verdade, o sacramento da ordem sacerdotal confere caráter indelével e, uma vez ordenado, um sacerdote é “sacerdos in aeternum“, ou seja, continuará sendo sacerdote para toda a eternidade.

A demissão do estado clerical impede que um padre continue a desempenhar o ministério sacerdotal, mas não o torna um “ex-padre” em sentido estrito. É por isso que o comunicado sobre o pe. César Cordero Moscoso especifica que a sua demissão do estado clerical acontece “permanentemente e perpetuamente no tempo“, isto é, neste mundo e no tocante ao exercício do sacerdócio, mas não lhe retira o caráter eterno do sacramento da ordem. No sentido sacramental, não pode existir um “ex-padre”, assim como não pode existir um “ex-batizado” nem um “ex-crismado”. Quanto a “ex-casados pela Igreja”, eles também não existem em sentido estrito, pois o sacramento do matrimônio é indissolúvel no tempo (“até que a morte os separe“); entretanto, ele não imprime caráter indelével, de modo que os viúvos podem voltar a receber o sacramento matrimonial em nova união.

Programa de prevenção e proteção a menores na Igreja

A Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma acaba de lançar mais uma iniciativa para combater o flagelo dos abusos sexuais: um mestrado interdisciplinar focado em preparar agentes pastorais para prevenirem e atenderem adequadamente as vítimas de eventuais novos casos de abuso, bem como para denunciarem imediatamente quaisquer abusos perpetrados por pessoas consagradas ou por leigos dentro da Igreja.

O currículo inclui desde a formação para a vida religiosa até aspectos específicos do direito canônico, da pedagogia, da psicologia e da psicoterapia.

Em 2018, os primeiros alunos do curso vêm de sete países em quatro continentes: Quênia, Nigéria, Croácia, Espanha, Eslováquia, Mianmar e Tonga.

Tags:
Abusos SexuaisPapa Franciscosacerdote
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens poderosas
2
Ordenação sacerdotal
Francisco Vêneto
Ex-testemunha de Jeová será ordenado padre católico aos 25 anos
3
MIGRANT
Jesús V. Picón
O menino perdido no deserto nos convida a refletir
4
BENEDICT XVI
Francisco Vêneto
Em nova e extensa biografia, Bento XVI desmascara o atual “...
5
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
6
Reportagem local
Hoje celebramos Santa Bernadette, a menina que viu Nossa Senhora ...
7
Papa Bento XVI
Francisco Vêneto
Bento XVI faz 94 anos e é o primeiro Papa a atingir essa idade na...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia