Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 29 Outubro |
São Colmano
home iconAtualidade
line break icon

Missão da OEA no Brasil detecta erros sem alterar resultado eleitoral

ELECTIONS IN SLOVENIA

TATJANA SPLICHAL | DRUŽINA

Agências de Notícias - publicado em 09/10/18

A missão da OEA, que voltará ao Brasil para o segundo turno, é integrada por 41 especialistas de 18 nacionalidades

A chefe da missão eleitoral da OEA, Laura Chinchilla, informou nesta segunda-feira (8) que houve problemas em algumas urnas eletrônicas nas eleições de domingo, que não alteraram os resultados.

As declarações de Chinchilla ocorrem depois que o candidato de extrema direita Jair Bolsonaro (PSL) afirmou que erros encontrados nas urnas o impediram de vencer no primeiro turno, embora não tenha chegado a denunciar explicitamente uma fraude.

“Não encontramos nenhum dado verificável que suponha erros em uma escala tal que possam alterar o resultado eleitoral”, disse a chefe da missão, após apresentar em Brasília o relatório preliminar sobre o primeiro turno das eleições.

“Uma questão são os erros isolados e outra coisa são os erros que podem alterar o resultado eleitoral”, acrescentou a ex-presidente da Costa Rica.

Em seu relatório, a missão da OEA, convidada pela primeira vez a observar o processo eleitoral no Brasil, destacou o sucesso do dia de eleições de domingo, mas sustenta que em algumas seções “houve problemas com a identificação biométrica”, o que não impediu “exercer o direito ao voto”.

Bolsonaro obteve 46,03% dos votos contra 29,28% de Fernando Haddad, do Partido dos Trabalhadores (PT), que ficou com 29,28%.

Após a divulgação dos resultados, que o deixam em uma boa posição para o segundo turno, em 28 de outubro, o polêmico capitão reformado assegurou no Facebook que se não houver “problemas” nas urnas, “o nome do presidente da República” já estaria decidido.

A missão da OEA, que voltará ao Brasil para o segundo turno, é integrada por 41 especialistas de 18 nacionalidades, que analisaram 390 mesas de 230 centros de votação em treze dos 27 estados do país.

Em seu relatório, a missão expressou a “preocupação” pela crescente polarização do país e a “agressividade” da campanha, e lamentou a “constante” propagação de desinformação e notícias falsas.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia