Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 31 Outubro |
Beato Domingos Collins
home iconEstilo de vida
line break icon

Como lidar com as decepções

COUPLE TALKING

Shutterstock

Suely Buriasco - publicado em 11/10/18

Muitas vezes nos deparamos com situações que nos levam a refletir: até que ponto podemos confiar nas pessoas que nos rodeiam?

Muitas vezes nos deparamos com situações que nos levam a refletir: até que ponto podemos confiar nas pessoas que nos rodeiam?

É verdade que todos sofremos decepções, colocamos expectativas nos outros e quase sempre nos enganamos. Afinal, as expectativas correspondem ao que é ideal para nós mesmos e dificilmente será assim para o outro também.

A decepção provoca frustração e é importante aprender a superar isso, desenvolvendo habilidades necessárias para conseguirmos lidar de forma funcional com as nossas emoções.

Viver experiências frustrantes pode ser muito importante no desenvolvimento humano, pois é exatamente essa discrepância que nos permite avançar, enfrentar a realidade e progredir.

Precisamos avaliar que cada indivíduo é um ser único, com pensamentos e atitudes próprias, sujeitos a erros e acertos. Quando compreendemos que também deve ser difícil para os outros conviverem conosco, fica mais aceitável as relações complicadas que ora e outra nos deparamos no dia a dia.

Se não buscamos compreender e aceitar a maneira dos outros serem, acabamos por ficar sós – e ninguém cresce sozinho, afinal, somos seres sociais.

Vale ressaltar que compreender não significa conviver com pessoas que nos fazem mal ou que não correspondem aos princípios básicos de boa convivência. Isso seria um contrassenso, já que também é de nossa responsabilidade evitar nosso próprio sofrimento.

No entanto, muitas coisas podem ser relevadas em favor de um bom relacionamento e é aí que entra o respeito pelo próximo.

Algumas dicas podem ajudar muito esse processo:

  • Não alimente mágoa; ela só faz mal para você.
  • Aceite que as decepções fazem parte da vida.
  • A tristeza é natural, mas não deve controlar você.

A partir dessa compreensão, mude seu estado mental e lembre-se que você não precisa aceitar as ações dos outros, mas pode e deve respeitá-las. Isso certamente acrescentará positividade na sua vida.

Vale tentar!

(via Suely Buriasco)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
DepressãoRelacionamento
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Brasileira Simone Barreto Silva é vítima de ataque terrorista na catedral de Nice
Reportagem local
Brasileira é vítima no ataque terrorista na c...
Reportagem local
França: atentado na basílica de Notre Dame em...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Pe. Robson de Oliveira
Francisco Vêneto
Defesa desmente Fantástico, da TV Globo, em n...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia