Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Encontrar um grande amor: como? onde? quando?

GIRL SMILING WITH BOYFRIEND
Compartilhar

Será que estou sozinho porque preciso mudar minha rotina para algo novo acontecer? A culpa é minha por estar sozinho há tanto tempo? 

Onde posso encontrar o grande amor da minha vida? Existe um local específico para isso? Será que estou sozinho porque preciso mudar minha rotina para algo novo acontecer? A culpa é minha por estar sozinho há tanto tempo?

Perguntas como essas fazem parte da vida de muitos solteiros que estão esperando um amor em Deus.

No artigo de hoje, falaremos a pessoas que já estão sozinhas há algum tempo, mas que não têm nenhuma perspectiva de encontrar alguém interessante em seu convívio social.

Embora esse pareça ser um tema simples para jovens e adultos, temos recebido e-mails de muita gente não sabendo lidar com esse tipo de situação pois, na maioria das vezes, elas não têm vivido as orientações que Deus dá em Sua Palavra.

Se você também está nessa situação, confira a seguir 4 orientações que poderão ajudá-lo a conhecer uma pessoa de Deus.

1) ONDE DEVO PROCURAR MEU GRANDE AMOR? Não existe um lugar específico pra isso. Mas você precisa ter em mente que um cristão de verdade normalmente frequenta locais legais, edificantes, e, como consequência, é muito possível que em um desses lugares ele conheça alguém com os mesmos princípios e valores cristãos. Passeios, festas, shopping centers …tudo isso é muito bom – e até propício para conhecermos pessoas.

Mas é importante usarmos de bom senso em relação a certos lugares e ao público que os frequenta. Obviamente não existe uma regra específica pra isso, mas lembre-se: há festas e festas; há pessoas e pessoas. E que você saiba a diferença entre umas e outras. Além disso, Deus faz o inusitado (se essa for a vontade dEle).

Por que digo isso? Porque eu, por exemplo, ainda solteiro, ia a muitas festas e, quando me converti, passei a ir também a outras paróquias, acreditando que em alguma delas eu encontraria o meu amor. Mas, para a minha surpresa, conheci a Claudinha (minha esposa) no curso de inglês! Vai entender o agir de Deus?!

O importante é você não procurar em lugares mundanos. Muitos solteiros caem nesse erro de frequentar esses locais porque, segundo eles, não encontram alguém interessante nas igrejas.

O Salmo 1, 1-3 diz: “Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite. Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará”.

2) COMO SABER SE ESTOU NO LUGAR CERTO? Defina as suas prioridades em Deus, e você terá a resposta a essa pergunta. Já falamos que não existe um local específico pra conhecer alguém de Deus, mas você precisa saber de outra verdade: suas prioridades no Senhor determinarão o lugar certo para que isso aconteça.

Você precisa se perguntar: “Os locais que tenho frequentado são da vontade de Deus?”. Não desanime ou pense que suas chances diminuirão se, por acaso, o Espírito Santo o orientar a estar em um local vazio ou não tão atraente ou glamouroso. Se essa é a direção de Deus, essa deve ser a sua prioridade – e o mais Ele fará.

Às vezes, sua prioridade pode ser afastar-se temporariamente dos amigos para concluir os estudos ou cuidar dos pais enfermos. Saber discernir e priorizar esses direcionamentos são atitudes que irão ajudá-lo a descansar seu coração em Deus. Mesmo que o tempo de espera pareça demorado, e as possibilidades, inexistentes, o que vale é colocar em primeiro lugar o Senhor e a sua justiça (Mateus 6, 33). Às vezes, você acha que nada acontecerá, mas Deus é supercriativo para surpreendê-lo em bênçãos que você jamais imaginou. Ele sabe o tempo e o momento certo para cada propósito em nossa vida.

3) O TEMPO ESTÁ PASSANDO, E ATÉ AGORA NADA! COMO POSSO CONHECER ALGUÉM? Além de orar ao Senhor? Descanse o seu coração e… DIVIRTA-SE! Todo cristão precisa separar um tempo de qualidade e lazer. Isso é justo e louvável a Deus. Ao contrário do que muitos pensam, o cristão se diverte, sim! Desde que não seja de modo impuro ou pecaminoso.

Talvez as pessoas rotulem a diversão como algo impróprio porque muitos no mundo só querem ter uma vida de lazer, e não uma vida de trabalho e responsabilidades. Precisamos discernir os fatos. Mas as pessoas que são responsáveis em Deus devem separar um período na semana para fazer algo de que gostem e que seja edificante.

Saia pra assistir a um bom filme ou bater papo com amigos em ambientes saudáveis; conheça locais diferentes, visite a paróquia de um(a) amigo(a) etc. Podemos e devemos fazer isso, desde que não deixemos de cumprir nossas prioridades, nossos compromissos já firmados em Deus.

É necessário esse equilíbrio entre o lazer e as nossas responsabilidades. Além disso, conhecer lugares diferentes nos traz uma real possibilidade de conhecermos novas pessoas.

4) JÁ CONHECI ALGUÉM. POSSO SAIR BEIJANDO? Calma! Antes de tudo, estabeleça uma amizade com essa pessoa.

Não confunda CONHECER alguém com NAMORAR alguém.

O que eu quero dizer é que você deve evitar que o romance seja iniciado assim que conheceu a pessoa, pois um namoro cristão deve começar primeiramente com oração (entre você e o Senhor somente) e o desenvolvimento de uma amizade.

Medite nisso, e que o Senhor abençoe a sua vida!

(Adaptado de Eu escolhi esperar)