Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Outra pessoa pode pagar a minha promessa?

aparecida
Rodrigo Soldon | Flickr CC
Compartilhar

Uma coisa é certa: Deus conhece a nossa realidade e não quer sacrifícios

Alice Marques, de Pouso Alegre/MG, tinha dúvidas sobre fazer promessas. Ela havia feito uma para que seu filho cumprisse e ficou preocupada, pois ouviu dizer que era proibido.

Para o Padre Lucas Emanuel, missionário redentorista, o correto mesmo é fazer uma promessa que a pessoa mesmo possa pagar. “Deus conhece a nossa realidade e ele não quer sacrifícios; quer nosso coração e nosso amor sincero”, afirma. O sacerdote esclareceu a dúvida através de um programa da Rádio Aparecida.

Ele lembrou que existem diversas realidades e, pela fé e confiança, alguns pais e mães acabam fazendo promessas para que os filhos cumpram. Reflexo disso é a Sala de Promessas do Santuário Nacional de Aparecida, em que se recebem muitas histórias relacionadas a isso.

“Nós não sabemos a disponibilidade do outro para cumprir. E se não for cumprida (a promessa), nós ficamos até com um peso na consciência”, disse o Padre Lucas.

O religioso ainda explicou que, em caso de a pessoa não poder cumprir a promessa, é bom falar com o pároco, para que ele possa dispensar o fiel de sua intenção.

Para ouvir a resposta na íntegra, clique aqui. 

 

(A12.com)