Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 19 Outubro |
Santos Mártires Canadenses
Aleteia logo
home iconAtualidade
line break icon

Papa: não deixar de lado a sabedoria dos idosos

POPE GENERAL AUDIENCE ELDERLY

Antoine Mekary | ALETEIA | I.Media

Vatican News - publicado em 23/10/18 - atualizado em 18/02/20

“A nossa sociedade – escreve o Papa – privou os avós de sua voz. Tiramos o espaço e a oportunidade deles"

“Há uma expressão que não me agrada: “Voltar à casa do Pai”, como se a nossa fosse uma viagem de ida e volta. É bonito dizer: “Estou indo para aquele encontro”. É o que sublinha o Papa Francisco no prefácio do livro “A sabedoria do tempo”, organizado pelo diretor da revista dos jesuítas “La Civiltà Cattolica” Padre Antonio Spadaro, apresentado nesta terça-feira, 23, no Instituto Augustinianum em Roma, no evento intergeracional que teve a participação do diretor de cinema Martin Scorcese.

O livro reúne 250 entrevistas realizadas em mais de trinta países, graças ao projeto “Compartilhando a Sabedoria do Tempo” realizado por um grupo de editoras coordenadas pela estadunidense Loyola Press, com a ajuda da organização sem fins lucrativos Unbound e do Serviço dos Jesuíta para os Refugiados.

É uma história coral composta de palavras e imagens, nas quais se encontam histórias e rostos de idosos dos cinco continentes: o Papa comenta, em diálogo com o padre Spadaro, as aulas de desenho, momentos pastorais, e compartilha momentos de sua própria biografia pessoal.

“A nossa sociedade – escreve o Papa – privou os avós de sua voz. Tiramos o espaço e a oportunidade deles contarem a nós a sua experiência, as suas histórias, a sua vida. Os deixamos de lado e perdemos o bem de sua sabedoria. Quisemos remover o nosso medo da fraqueza e da vulnerabilidade, mas assim fazendo, fizemos aumentar nos idosos a angústia de serem mal apoiados e abandonados”.

Ao invés disto, “devemos despertar o sentido civil da gratidão, do apreço, da hospitalidade, capaz de fazer com que o idoso se sinta parte viva da comunidade. Colocando de lado os avós, descartamos a possibilidade de entrar em contato com o segredo que permitiu a ele seguir em frente, fazer caminho na aventura da vida”.

E assim fazendo – observou Francisco – “nos faltam modelos, testemunhos vividos. Ficamos perdidos. Nos privamos do testemunho de pessoas que não somente perseveraram no tempo, mas que conservam no coração a gratidão por tudo aquilo que viveram”.

E por outro lado, “como é feio o cinismo de um idoso que perdeu o sentido de seu testemunho, que despreza os jovens, que se lamenta sempre. Deste modo, a sua sabedoria de vida não é mais transmitida, torna-se estéril nostalgia”.

“Como é  bonito, pelo contrário – observa o Papa – o encorajamento que o idoso consegue comunicar a uma jovem ou a um jovem em busca do sentido da vida! Esta é a missão dos avós. Uma verdadeira vocação”.

“Os idosos são a reserva sapiencial da nossa sociedade. A atenção pelos anciãos é aquilo que distingue uma civilização”, acrescenta.

O Papa pede aos idosos – que define os “memoriosos da história”, para “formarem um coro”, “um coro permanente de um grande santuário espiritual, onde a oração de súplica e o canto de louvor apoiem a comunidade que trabalha e luta no “campo” da vida”.

“Mas peço a eles também para agir! De terem a coragem de contrastar de todas as formas a “cultura do descarte” que é imposta a eles em nível mundial”.

“E o que peço aos jovens?”. “Sinto pena de um jovem – disse – cujos sonhos se apagam na burocracia. Como o jovem rico do Evangelho. Vai embora triste, vazio. Peço portanto escuta, proximidade aos idosos; peço para não aposentar a existência deles na “quietude burocrática” na qual guardam tantas propostas privadas de esperança e de heroísmo. Peço um olhar às estrelas, aquele espírito saudável de utopia que leva a recolher energia para um mundo melhor”.

“Eis o que eu gostaria: um mundo que viva um novo abraço entre os jovens e os idosos”, conclui o Santo Padre.

(Vatican News)

Tags:
FamíliaIdososPapa
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
2
AVENIDO BROTHERS
Agnès Pinard Legry
Três irmãos são ordenados padres no mesmo dia
3
MARRIAGE
Matrimonio cristiano
Beijar a aliança todos os dias: uma indulgência especial aos casa...
4
COMMUNION
Philip Kosloski
Oração ao seu anjo da guarda antes de receber a comunhão
5
Aleteia Brasil
O segredo da cidade bósnia onde jamais houve um divórcio
6
Reportagem local
O grande crucifixo submerso que só pode ser visto quando o lago c...
7
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia