Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Violência contra cristãos aumenta na Índia

© Harry Sanna
Compartilhar

Governo e mídia fecham os olhos para situação de intimidação sofrida pela minoria cristã de Uttar Pradesh

Um aumento preocupante da violência contra os cristãos na Índia está ocorrendo no mais populoso Estado do país, Uttar Pradesh, onde, ao longo de 2018, foram registrados 59 dos 190 episódios de perseguição anticristã registrados em todo o país até agora. É chamativo que, só em setembro, tenham sido 25 casos, dos quais 20 ocorreram na cidade de Jaunpur – de cujos 180 mil habitantes apenas 0,11% são cristãos.

São constantes as acusações de “conversões forçadas” direcionadas falsamente aos cristãos. Amedrontados, os fiéis de Jaunpur estão cancelando encontros de oração até dentro de suas próprias casas.

O líder cristão A. C. Michael, ex-membro da Comissão indiana para as Minorias, observa:

“É preocupante porque essa violência vai contra os pilares democráticos da Índia. As instituições governamentais e a grande mídia estão ignorando os ataques sistemáticos contra os cristãos e o Judiciário está falido, já que estão pendentes os julgamentos de mais de 200 casos de falsas acusações de conversão em vários tribunais indianos”.

O pe. Manoj Nayak, de Uttar Pradesh, testemunhou para a agência Fides:

“Somos minoria na população indiana, mas parece que a nossa presença neste Estado é considerada uma ameaça para a agenda escondida de grupos extremistas”.