Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 28 Outubro |
São Sálvio
home iconAtualidade
line break icon

Marido denuncia: "Vida de Asia Bibi ainda corre grave perigo no presídio"

MĄŻ I CÓRKA, ASIA BIBI

ACN International

Reportagem local - publicado em 05/11/18

Embora absolvida da acusação de "blasfêmia contra o islã", a mãe cristã de 5 filhos continua presa e proibida de sair do país

Ashiq Masih, marido de Asia Bibi (na foto com a filha caçula do casal), afirmou temer pela vida da esposa mesmo depois que a Suprema Corte do Paquistão anulou a sua sentença de morte. Asia Bibi tinha sido condenada à forca por ter supostamente cometido “blasfêmia contra o islã” em 2009, acusação que jamais foi comprovada nestes quase 10 anos de pesadelo. Mãe de 5 filhos, a mulher cristã está presa desde 2010 – e grande parte desse período em uma cela sombria do corredor da morte paquistanês.




Leia também:
A católica que vive há 3.000 dias no inferno à espera do enforcamento

Trata-se, por agora, de uma absolvição sui generis, já que ainda há risco de reviravolta na decisão judicial: sob pressões intensas, o Supremo Tribunal deverá reanalisar o caso e, enquanto isso, Asia Bibi continua presa e probida de deixar o país. Esta foi uma garantia dada pelo governo do Paquistão ao grupo fundamentalista muçulmano Tehreek-e-Labbaik Paquistan (TLP), que tem organizado agressivos protestos em diversas cidades do país, inclusive com bloqueio de estradas, para exigir que a sentença à forca seja cumprida.

Em entrevista concedida neste domingo, 4 de novembro, à rede alemã Deutsche Welle (DW), Ashiq Masih declarou:

“A situação é perigosa para Asia. Sinto que a vida dela não está segura. Não podemos esquecer que dois cristãos em Faisalabad foram assassinados anos depois que um tribunal os libertou. Eles também tinham sido acusados ​​de blasfêmia. Eu apelo por isso ao governo para reforçar a segurança de Asia no presídio.A minha esposa já sofreu muito. Ela ficou dez anos na prisão. O veredito da Suprema Corte criou um raio de esperança. As minhas filhas estavam morrendo de saudade, mas agora esse pedido de revisão vai prolongar a situação, que já é grave.A minha família está assustada. Meus familiares e amigos também estão assustados. Esse acordo nunca deveria ter acontecido. Os três juízes emitiram a sentença depois de considerar todos os aspectos do caso, analisar todos os fatores, estudar as contradições e analisar todos os fatos. O governo não devia ter feito esse acordo. O Poder Judiciário é muito corajoso. Mas, agora, os clérigos muçulmanos podem se reunir e tentar influenciar o veredito.A situação está muito perigosa para nós. Não temos segurança e estamos nos escondendo aqui e ali, mudando de lugar. Acho que os clérigos vão cercar a Suprema Corte no dia da audiência. Eu realmente vou estar com muito medo de ir lá no dia, mas acredito que Deus vem nos protegendo e vai continuar nos protegendo. Coloco toda a minha confiança em Deus”.

O advogado de Asia Bibi, Saiful Maluk, teve que sair do Paquistão neste fim de semana por causa das ameaças de morte que está recebendo. Ele declarou à AFP:

“Preciso continuar vivo para dar andamento à batalha legal por Asia Bibi”.

O caso

Para entender o caso que mobilizou o mundo cristão em defesa de uma inocente, acesse o seguinte artigo:


ASIA BIBI

Leia também:
URGENTE: intolerância incendeia Paquistão por absolvição de Asia Bibi

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
MuçulmanosPerseguição
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Pe. Zezinho
Francisco Vêneto
Duas emissoras brasileiras deturpam fatos em ...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia