Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Newsletter Aleteia: uma seleção de conteúdos para uma vida plena e com valor. Cadastre-se e receba nosso boletim direto em seu email.
Registrar

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Papa se emociona ao conhecer projeto de navio-hospital da Amazônia

Compartilhar

Projeto deve atender mais de 700 mil brasileiros

O Papa Francisco se emocionou  ao receber em audiência o Bispo do Óbidos, Dom Bernardo Bahlmann, que apresentou ao Pontífice o projeto “Barco/Navio-Hospital Papa Francisco”.

Trata-se de um projeto “ousado” – como definiu o bispo alemão -, que vai percorrer mil quilômetros do Estado do Pará, oferecendo atendimento médico a mil comunidades ribeirinhas de 12 municípios, num total de cerca de 700 mil pessoas. Na audiência, foram apresentados ao Pontífice um vídeo de cinco minutos e uma maquete do projeto.

O projeto foi sugerido pelo próprio Pontífice quando visitou o Hospital administrado pela Fraternidade São Francisco de Assis na Providência de Deus no Rio de Janeiro, por ocasião da Jornada Mundial da Juventude de 2013. Foi então que o Papa perguntou ao Frei Francisco Belotti se eles estavam presentes na Amazônia, encorajando um projeto naquela região.

A finalidade é levar saúde às comunidades ribeirinhas na região amazônica e atuar na prevenção do câncer, com a realização de exames e triagem para pesquisas em parceria com as Universidades nas patologias de maior incidência na região.

Frei Francisco Belotti também participou da audiência como Papa Francisco. O navio-hospital deve começar a funcionar em 2019.

 

(Vatican News)

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.