Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 17 Abril |
Santa Catarina Tekakwitha
home iconReligião
line break icon

O que os sinos têm a ver com o Angelus?

Visita Quito-(CC BY-NC-ND 2.0)

Philip Kosloski - publicado em 08/11/18

As badaladas têm origem em uma antiga prática de oração

Ao caminhar por uma igreja católica, é comum ouvir o toque dos sinos das igrejas ao longo do dia. Além de marcar a hora, os sinos tocam várias vezes em três momentos específicos do dia.

Os sinos nasceram de uma tradição antiga na Igreja Católica de rezar a oração conhecida como Angelus. O nome vem da primeira palavra da oração em latim, Angelus Domini nuntiavit Mariæ (“O Anjo do Senhor anunciou Maria”). É uma oração que recorda a encarnação de Jesus Cristo e invoca a intercessão da Bem-Aventurada Virgem Maria.

As badaladas têm origem num costume monástico de tocar sinos para chamar os monges à oração. Por muitos séculos, homens e mulheres religiosos adotaram o costume de orar várias vezes ao dia, com base em uma prática judaica encontrada no Antigo Testamento.

O povo judeu rezava três vezes ao dia: manhã, tarde e noite. E os primeiros cristãos continuaram esta prática. Com o tempo ela se tornou um costume: rezar o Angelus às 6h da manhã, ao meio-dia e às 18h. São estes os momentos em que você ouve os sinos da igreja tocarem por mais tempo.

Os sinos também tocam em um padrão específico, dando uma ideia de como orar. O padrão é frequentemente o seguinte conjunto de badaladas: 3-3-3-9. O esquema corresponde aos quatro conjuntos de orações do Angelus.

Abaixo está a oração do Angelus que é recitada durante a maior parte do ano. Somente na época da Páscoa ela é substituída pelo Regina Coeli:

[3 badaladas]

V/ O Anjo do Senhor anunciou a Maria,

R/ E Ela concebeu do Espírito Santo.

Ave Maria.

[3 badaladas]

V/ Eis a escrava do Senhor.

R/ Faça-se em mim segundo a Vossa palavra.

Ave Maria.

[3 badaladas]

V/ E o Verbo se fez Carne,

R/ E habitou entre nós.

Ave Maria.

[9 badaldas]  

V/ Rogai por nós, Santa Mãe de Deus,

R/ Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Oremos:  Infundi, Senhor, em nossas almas a Vossa graça, para que nós, que conhecemos, pela Anunciação do Anjo, a Encarnação de Jesus Cristo, Vosso Filho, cheguemos, por sua Paixão e morte na cruz, à glória da Ressurreição. Pelo mesmo Jesus Cristo Nosso Senhor. Amém.


CHURCH BELLS

Leia também:
O surpreendente poder espiritual dos sinos das igrejas

Tags:
AngelusDoutrina
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens poderosas
2
MIGRANT
Jesús V. Picón
O menino perdido no deserto nos convida a refletir
3
Pe. Zezinho
Reportagem local
Não desprezem o templo nem posem de católicos avançados, alerta o...
4
MARY, CRUSH, SNAKE
Desde la Fe
10 poderosas armas para lutar contra o demônio
5
Ordenação sacerdotal
Francisco Vêneto
Ex-testemunha de Jeová será ordenado padre católico aos 25 anos
6
SPANISH FLU
Bret Thoman, OFS
Como o Padre Pio encarou a pandemia de gripe espanhola
7
Reportagem local
Hoje celebramos Santa Bernadette, a menina que viu Nossa Senhora ...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia