Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

A surpreendente “igreja-iglu” do Ártico

IGLOO CHURCH; CANADA
Compartilhar

A igreja localizada no Canadá foi projetada por um missionário católico para valorizar a cultura local

Clique aqui para abrir a galeria de fotos

Conhecida como “igreja-iglu”, a igreja de Nossa Senhora da Vitória em Inuvik, no Canadá, é o prédio mais fotografado da cidade. Localizado a 200 quilômetros do Círculo Polar Ártico, a igreja foi projetada no fim dos anos 1950 para refletir a cultura local dos inuítes. 

No entanto, o fato de a igreja ser em formato de círculo não é por causa de um motivo meramente estilístico. A estrutura em forma de iglu foi considerada a mais adequada devido à geografia da região, onde faz muito frio e há constantes inundações. 

Para encontrar o melhor projeto para a igreja, o padre local, Joseph Adam, consultou o irmão Maurice Larocque, um membro da Ordem dos Missionários Oblatos do Canadá, que havia chegado ao Ártico 30 anos antes. 

Adam e Larocque optaram pela forma circular para mitigar os efeitos do movimento do solo por causa do gelo, o que poderia afundar uma estrutura convencional. 

Porém, eles encontraram problemas para levar adiante o projeto, já que as autoridades governamentais negaram a licença de construção, pois não entendiam os planos amadores do irmão Larocque. 

Mas as obras tiveram início no verão de 1958, sob os olhares atentos dos inspetores do governo. A edificação aconteceu porque um engenheiro contratado pelo bispo atestou que a obra era “bastante robusta para durar 200 anos”. 

Seguindo os preceitos da Ordem dos Oblatos, foram utilizados materiais reciclados. A artista inuíte Mona Thrasher foi encarregada de pintar as estações da Cruz dentro da igreja, que foi consagrada e dedicada à Virgem Maria em 1960. 

No local, são celebradas missas de domingo à sexta-feira. Durante o Natal, os fiéis entoam hinos nos dialetos locais, além do inglês. 

Também são oferecidas visitas guiadas durante os meses do verão. A cidade de Inuvik tem 3.243 habitantes e recebe pouquíssimos visitantes no inverno, quando o local fica sob constante escuridão durante 30 dias seguidos. 

Clique na imagem abaixo e confira as fotos deste local, onde nem mesmo o frio intenso afasta o povo da fé.

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.