Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 29 Outubro |
São Colmano
home iconAtualidade
line break icon

Um quinto das empresas estatais venezuelanas está inoperante, segundo ONG

VENEZUELANS

Facebook Alcaldía Mayor de Bogotá

Agências de Notícias - publicado em 18/11/18

A pesquisa se aprofundou em 160 empresas em setores-chave

Um quinto das empresas estatais venezuelanas está inoperante por um mau gerenciamento, enquanto dezenas enfrentam denúncias de corrupção, de acordo com um estudo da ONG Transparência Venezuela divulgado nesta sexta-feira (16).

Das 576 companhias que o Estado é proprietário ou possui a maioria acionária, “somente 467 estão operando”, assinala o relatório, o que indica que quase 20% pararam de funcionar.

A organização identificou como causas “a falta de manutenção, a destruição de equipamentos gerenciais, a preponderância da ideologia e a lealdade ao modelo político, o aumento do gasto corrente” e a ausência de controles.

Segundo a Transparência, 441 empresas estatais, uma grande maioria, foram criadas ou adquiridas durante os governos socialistas do falecido Hugo Chávez (1999-2013) e de Nicolás Maduro, “por via de expropriações, confiscos, nacionalizações e re-estatizações”.

A pesquisa se aprofundou em 160 empresas em setores-chave, como agroalimentos, hidrocarbonetos, mineração e metalurgia, e serviços públicos.

Desse conglomerado, “74,4% têm denúncias públicas de corrupção ou de práticas ilícitas”, o que evidencia o predomínio a predominância de um “modelo cleptocrático”, destacou o documento.

O outrora rico país petroleiro enfrenta uma grave crise caracterizada pela escassez de alimentos e remédios, cinco anos de recessão e uma inflação que, de acordo com o FMI, chegará a 1.350.000% em 2018 e a 10.000.000% em 2019.

O colapso foi acentuado com a queda da produção de petróleo, que fornece 96% da renda deste país dependente das importações.

O bombeamento passou de 3,2 milhões de barris por dia para 1,7 milhão de barris em outubro, segundo dados oficiais e da Opep.

A petroleira Pdvsa, que, segundo a ONG, tem 100 empresas ligadas a ela, é chefiada pelo general Manuel Quevedo. Outras 75 corporações têm um militar como autoridade máxima, de acordo com a investigação.

A Transparência observou que a perda de competitividade das empresas públicas ocorreu apesar do fato de que entre 2003 e 2015 “receberam mais de 500 bilhões” de dólares “sem contar os recursos alocados via fundos fiscais”.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia