Aleteia
Segunda-feira 19 Outubro |
Santos Mártires Canadenses
Histórias Inspiradoras

A corajosa última oração destas 4 freiras antes de serem mortas por terroristas

missionárias mártires iêmen

Missionárias da Caridade

Reportagem local - publicado em 22/11/18

Religiosas da Madre Teresa de Calcutá foram assassinadas no país que sofre hoje a pior crise humanitária do planeta

Em meio à guerra infame que foi imposta em grande medida pela Arábia Saudita ao povo do Iêmen, um dos países mais pobres da Terra, foi noticiado mundialmente em 21 de novembro de 2018 um relatório da organização Save the Children segundo o qual a quantidade de crianças iemenitas menores de 5 anos que morreram DE FOME no país ao longo dos 3 anos de guerra decorridos até o lançamento daquele relatório ultrapassaria o bárbaro número de 85 mil.

O caos no Iêmen já vinha de anos. Entre as suas muitas desgraças, destacava-se a proliferação de atentados terroristas como o que atingiu em 4 de março de 2016 as Missionárias da Caridade, conhecidas em todo o mundo como as freiras da Madre Teresa de Calcutá. Na ocasião, a casa das religiosas, que abrigava idosos e pessoas com necessidades especiais na cidade de Aden, foi atacada por terroristas islâmicos que sequestraram um sacerdote e assassinaram 16 pessoas, entre elas quatro missionárias: as irmãs Anselma, Judite, Margherita e Reginette. Duas delas eram de Ruanda, uma do Quênia e a outra da Índia.

Apesar da violência sofrida, as Missionárias da Caridade anunciaram que não iriam abandonar o Iêmen.

Dom Paul Hinder, vigário apostólico para o Sul da Península Arábica, testemunhou a respeito:

“As Missionárias da Caridade morreram como mártires da caridade: como mártires porque foram testemunhas de Cristo e compartilharam a sorte de Jesus na Cruz”.

Ele também revelou que, pouco antes do martírio, as religiosas tinham rezado esta oração:

“Senhor, ensinai-me a ser generosa.Ensinai-me a servir-Vos como Vós mereceis;a ofertar sem calcular o custo;a lutar sem reparar nas feridas;a trabalhar sem procurar descanso;a trabalhar sem pedir recompensa.Amém”.

Oremos também pelo martirizado povo do Iêmen, suplicando que Deus lhe conceda com urgência o presente da paz.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
freirasMártiresMissionáriosOração
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Char...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
FATIMA
Philip Kosloski
Fotos raras dos 3 pastorinhos de Fátima
POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE
Reportagem local
As 3 orações que o Papa pediu para rezarmos e...
Pe. Gilmar
Reportagem local
Brasil: padre desaparece e manda mensagem com...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia