Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Alimente o seu espírito. Receba grátis os artigos da Aleteia toda manhã.
Inscreva-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

ACN alerta o mundo para a discriminação religiosa

Compartilhar

Novo relatório sobre liberdade religiosa no mundo, lançado nesta quinta-feira, simboliza o início da campanha “Dias Vermelhos”

Nessa quinta-feira, dia 22 de novembro, a fundação pontifícia ACN (Ajuda à Igreja que Sofre) publicou a nova edição (14ª) do relatório “Liberdade Religiosa no Mundo”.

A apresentação do relatório é acompanhada por uma série de campanhas, reuniões de oração e conferências em todo o mundo, programadas no período entre 22 de novembro a 4 de dezembro, com destaque para a ação simbólica de iluminar em vermelho uma série de edifícios públicos icónicos para chamar a atenção para a situação das pessoas que sofrem perseguição religiosa.

“Como uma organização comprometida em ajudar os cristãos perseguidos, a ACN tem um dever particular de defender o direito humano básico de liberdade religiosa”, explicou o Dr. Thomas Heine-Geldern, presidente executivo da fundação. “Infelizmente, as violações deste direito humano básico, que afeta todas as religiões, são ainda maiores na atualidade. Estamos, portanto, convidando pessoas em todo o mundo para se levantar junto com a ACN em defesa da liberdade religiosa e fazer um gesto visível de solidariedade”, diz.

Relatório analisa a situação em mais de 190 países

O 14º relatório da ACN sobre a Liberdade Religiosa no Mundo examina a situação em 196 países e documenta não apenas a situação legal atual, mas também os abusos contra o direito à liberdade religiosa durante o período de 2016 a 2018; e também detalha a evolução e mudanças na situação em um certo número de países mais criticamente ameaçados. Em 22 de novembro, o relatório sobre a Liberdade Religiosa no Mundo será apresentado à mídia mundial no Vaticano e em outras capitais, incluindo Madri, Paris, Lisboa, Londres, Manila, Santiago do Chile e São Paulo. O lançamento em São Paulo será realizado na presença do Cardeal Arcebispo de São Paulo, Dom Odilo Scherer; da representante das religiões de matriz africana no comitê gestor da secretaria de Justiça e Cidadania do Estado de São Paulo, a Iyalorixá Carmen de Oxum; e do Doutor em Ciências Sociais e integrante do Departamento de Teologia e Ciências da Religião da PUC-SP, o Professor Edin Sued Abumanssur.

CampanhaDias Vermelhos” acontecerá em diversas cidades do mundo todo.

A ideia de iluminar edifícios emblemáticos em vermelho foi iniciada pela ACN-Brasil em 2015, no Cristo Redentor – Rio de Janeiro, como uma forma de criar um sinal marcante e visível para protestar contra a discriminação religiosa. Desde então, a ação se estabeleceu em muitos lugares. Para o lançamento do relatório, a ACN-Itália planejou uma campanha com início nesta terça-feira, 20 de novembro, para chamar a atenção para a situação de cristãos perseguidos. Em Veneza, a Ponte Rialto e partes do Grande Canal e outros edifícios importantes serão iluminados em vermelho. O mesmo ocorrerá em outras cidades: Paris (22 de novembro), Barcelona (23 de novembro), Londres, Sydney e Washington (28 de novembro). Uma dimensão especial terá a ação nas Filipinas: 1.300 igrejas e 30 escolas seguirão o chamado para a liberdade religiosa e serão iluminados em vermelho.

Para ler o relatório completo, acesse: www.acn.org.br/relatorio-liberdade-religiosa

Sobre a ACN (Ajuda à Igreja que Sofre)

A ACN (Ajuda à Igreja que Sofre) é uma instituição de caridade católica que auxilia a Igreja por meio de informações, orações e projetos de ajuda a pessoas ou grupos que sofrem perseguição e opressão religiosa e social ou que estejam em necessidade. Fundada no dia de Natal de 1947, a ACN tornou-se uma Fundação Pontifícia da Igreja em 2011. Todos os anos, a instituição atende mais de 5.000 pedidos de ajuda de bispos e superiores religiosos em cerca de 140 países, incluindo: formação de seminaristas, impressão de Bíblias e literatura religiosa, incluindo a Bíblia da Criança do ACN, da qual mais de 51 milhões de exemplares já foram impressas em mais de 180 línguas; apoia padres e religiosos em situações difíceis; construção e restauração de igrejas e outras instalações; programas religiosos de radiodifusão; e ajuda aos refugiados de conflitos e vítimas de desastres naturais.

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.