Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Vídeo: este médico dança com seus pacientes para animá-los

Compartilhar

Um médico muito animado que decidiu dançar com seus jovens pacientes para que voltem a sorrir!

Tony Adkins, médico do hospital infantil do Condado de Orange, na Califórnia (EUA), pratica uma medicina muito particular.

De fato, este jovem médico não se contenta com distribuir diagnósticos com seu jaleco branco. Ele utiliza um método de atenção especial: dança com seus jovens pacientes para reconfortar seus corações.

“Como muitos, eu também superei inúmeras adversidades”, explica em seu perfil do Faceboook. “Minha filosofia em relação ao tratamento dos pacientes é individualizar cada paciente e sua família.”

Basta ver o rosto desta jovem em cadeira de rodas, que parece estar encantada com a dança, para entender que este médico com gravata borboleta não se equivoca em seu método.

O bom humor e o sorriso confirmam isso.

https://www.facebook.com/6314073/videos/10104315458014404/

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.