Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 09 Maio |
home iconHistórias Inspiradoras
line break icon

Papa Francisco recordou família católica exterminada porque ajudou os judeus

Família Ulma

Vatican News

Reportagem local - Vatican News - publicado em 28/11/18

Eles abrigaram 8 judeus e sofreram corajosamente a covarde fúria nazista, que executou os pais diante dos 6 filhos e depois matou as crianças

A família polonesa Ulma, composta pelo casal Józef e Wiktoria e os seus seis filhos, foi exterminada pelos nazistas porque deu refúgio a oito judeus durante a II Guerra Mundial, conforme recordou o Papa Francisco na Audiência Geral desta quarta-feira, 28, no Vaticano:

“Esta numerosa família de Servos de Deus, que aguarda a beatificação, deve ser para todos nós um exemplo de fidelidade a Deus e aos Seus mandamentos, de amor ao próximo e de respeito à dignidade humana”.

O silencioso martírio de muitos cristãos durante a II Guerra Mundial é sistematicamente ignorado por amplos setores da mídia e dos currículos de história, que preferem insistir em manipulações enviesadas segundo as quais a Igreja teria sido cúmplice de Adolf Hitler.

A família Ulma

A história da família Ulma foi contada ao Papa Francisco durante a sua visita ao campo de extermínio de Birkenau, em julho de 2016.

O agricultor e apicultor Józef, muito ativo na Juventude Católica, morava com a esposa Wiktoria no vilarejo polonês de Markowa, uma localidade agrícola e profundamente católica. O mais velho dos 6 filhos do casal tinha 8 anos e a caçula 1 ano e meio. Wiktoria esperava o sétimo bebê.

Quando começou a perseguição antissemita, muitos católicos da região tentaram ajudar os judeus, arriscando a vida. Józef e Wiktoria esconderam 8 judeus em sua casa, mas um espião os delatou aos nazistas, que, na manhã de 24 de março de 1944, os capturaram e mataram com tiros na nuca. Em seguida, Józef e Wiktoria foram assassinados na porta da própria casa, diante das crianças e de muitos habitantes de Markowa, obrigados a assistirem à barbárie como advertência a todos. Logo depois, com frieza inimaginável, os nazistas ainda atiraram nos seis filhos do casal recém-assassinado.

De “Justos entre as Nações” rumo à honra dos altares

Em 1955, a família Ulma foi inscrita no elenco dos “Justos entre as Nações”, um reconhecimento oferecido pelo Memorial do Holocausto a todos os não judeus que, durante a II Guerra Mundial, salvaram vidas de judeus perseguidos pelo regime nazista.

Em 2003, a Igreja abriu o processo de beatificação da família Ulma, em cuja honra existe um monumento em Markowa com o seguinte letreiro:

“Possa o seu sacrifício ser um apelo ao respeito e ao amor para com todos. Eram filhos desta terra e permanecem nos nossos corações”.

___________

A partir de matéria do Vatican News

Tags:
CaridadejudeusMártiresPapa FranciscoSantossolidariedade
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
Bebê anjo
Reportagem local
“Tchau, papai”: as últimas palavras que Maurício ouvi...
2
Sangue de São Januário ou San Gennaro
Francisco Vêneto
Milagre do sangue de São Januário volta a ocorrer em Nápoles
3
Monsenhor Jonas Abib, fundador da Canção Nova
Reportagem local
Fundador da Canção Nova, monsenhor Jonas Abib é diagnosticado com...
4
ARGENTINA
Esteban Pittaro
Polícia interrompe missa de Primeira Comunhão ao ar livre
5
CANDLELIGHT PROCESSION AND ROSARY
Elizabeth Zuranski
A oração escondida no fim da Ave-Maria
6
ELDERLY,WOMAN,ALONE
Aleteia Brasil
O pe. Zezinho e a mãe que espera há 30 anos, sem sucesso, pelo pe...
7
Sangue de São Januário ou San Gennaro
J-P Mauro
Vídeo mostra a última liquefação do sangue de São Januário
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia