Aleteia
Terça-feira 20 Outubro |
São Cornélio
Religião

Card. Parolin: “À política servem novos líderes de paz”

PIETRO PAROLIN

Fabio PIGNATA I CPP I CIRIC

Le cardinal Pietro Parolin, secrétaire d’État du Saint-Siège.

Vatican News - publicado em 29/11/18

O compromisso da Santa Sé é promover o mais amplo confronto possível com todos os sujeitos e instituições que trabalham para proteger os direitos humanos

“A política deve redescobrir seu papel de mediação social para construir o bem comum e uma disposição a colaborar na busca de soluções compartilhadas, tanto internacionalmente nas relações entre os Estados quanto dentro da sociedade civil, em face da prevalência de novas formas de ódio e intolerância. Um contexto que hoje coloca em grave perigo a interlocução sobre os direitos humanos que temos o dever de proteger e implementar”. Estas as palavras do Secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin, por ocasião do encontro da delegação de Rondine com o Corpo Diplomático junto à Santa Sé, promovido em colaboração com o Embaixador George Poulides, Decano do Corpo Diplomático, realizado nesta quarta-feira, dia 28 de novembro, na Sala Antiga do Sínodo, no Vaticano.

Precisamos de uma nova classe dirigente capaz de dialogar

“O compromisso da Santa Sé é promover o mais amplo confronto possível com todos os sujeitos e instituições que trabalham para proteger os direitos humanos e promover o bem comum e o desenvolvimento social – continuou o Secretário de Estado – por isso hoje exprimo o apoio a Rondine e ao seu compromisso de vinte anos em construir uma sociedade pacífica a partir da formação dos jovens, para que eles possam se tornar a nova classe dominante da qual se tem uma necessidade urgente, capaz de dialogar e encontrar soluções para os conflitos cada vez mais difundidos e diferentes, colocando ao centro o bem comum e o respeito pelos direitos de todos, começando pelos mais fracos”.

Rondine está comprometida em formar jovens líderes de paz

Uma mensagem forte, a do cardeal Parolin, unido ao apoio à campanha global de três anos dos Leaders for Peace, apresentada na ocasião por Rondine, que está empenhada em formar jovens líderes de paz com um novo método – o Método Rondine, de fato – pedindo aos Estados para apoiar esta ação, destinando à mesma uma soma simbólica do seu orçamento. Uma ação de formação visando, ao mesmo tempo, os futuros líderes e os sistemas nacionais de educação, para que relancem a educação aos direitos humanos.

Apelo lido ao Corpo Diplomático por dois jovens de origem palestina e israelense

O apelo – que foi apresentado no dia 11 de outubro passado ao Presidente da República Italiana, Sérgio Mattarella e no próximo dia 3 de dezembro será apresentado ao Papa Francisco – foi lido por dois jovens de origem palestina e israelense ao Corpo Diplomático. “Pedimos para que façam seu esse apelo e para assiná-lo – disse o presidente e fundador de Rondine Franco Vaccari dirigindo-se aos embaixadores – a partir do envolvimento de colegas Representantes de seus respectivos Estados na ONU, para que o início desta campanha trienal, no próximo 10 de dezembro, em Nova York, ganhe imediatamente grande força moral e política”. De fato, o mesmo Apelo também será apresentado aos Estados membros das Nações Unidas, no Palácio de Vidro em Nova York, por ocasião do 70º aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos: Rondine fará um discurso a convite do Ministério das Relações Exteriores italiano para levar a sua experiência sobre a transformação do conflito.

Formar líderes de paz para disseminar no mundo um novo registro educacional

“Esses jovens, juntos, mantiveram alta a lealdade de pertencer a seus povos, mas ao mesmo tempo identificaram e dissolveram as imagens negativas do inimigo. Rondine escolheu a concretude, quer avançar cultivando esperanças dessa maneira, passo a passo”, concluiu Vaccari. “Formar líderes de paz para disseminar no mundo um novo registro educacional. Formar muitos com um novo método que saiba enfrentar o sofrimento e retirar do planeta o supremo sofrimento da guerra. Eis a tarefa que hoje podemos compartilhar e, caminhando, realizar!”

(Vatican News)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Vaticano
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Char...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Ellen Mady
Para Jesus não existe novena melhor do que es...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
ícone São Lucas Nossa Senhora Jesus médico
Reportagem local
Oração a São Lucas, evangelista e médico, pel...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
JENNIFER CHRISTIE
Jennifer Christie
Fui estuprada numa viagem a trabalho - e meu ...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia