Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Papa Francisco será o primeiro pontífice a visitar os Emirados Árabes

EMIRATES
Shutterstock-MD Gomes/Antoine Mekary-ALETEIA
Compartilhar

Segundo o Vaticano, a viagem será em fevereiro de 2019

A Santa Sé anunciou que o Papa Francisco visitará Abu Dhabi entre os dias 3 e 5 de fevereiro de 2019.

Segundo o Vaticano, a viagem é uma resposta ao convite da Igreja Católica dos Emirados Árabes e do príncipe herdeiro de Abu Dhabi, Mohamed bin Zayed Al Nahyan.

No país de maioria muçulmana, Francisco participará do Encontro Inter-religioso Internacional sobre a Fraternidade Humana, como anunciou o Diretor de Imprensa da Santa Sé, Greg Burke. 

Esta será a vigésima sétima viagem internacional do Bispo de Roma. O lema da jornada papal será “Fazei de mim um instrumento de vossa paz”. O Vaticano também divulgou o logotipo da viagem, que é uma é uma pomba com um ramo de oliveira no bico e, nas asas, as cores dos Emirados Árabes. 

“Esta visita, assim como a do Egito [em abril de 2017], mostra a importância fundamental que o Santo Padre dá ao diálogo inter-religioso. E visitar o mundo árabe é um exemplo perfeito da cultura do encontro”, disse o porta-voz, Greg Burke. 

Análise

A viagem do chefe da Igreja Católica ao país onde o islã é a religião principal faz parte de um caminho comum de abertura. 

Trata-se de uma viagem inovadora em um contexto complexo, onde a liberdade religiosa é limitada, pois, segundo a instituição Ajuda à Igreja que Sofre, nos Emirados Árabes “os cristãos não podem falar de religião com os muçulmanos nem lhes é permito usar uma cruz no pescoço de forma visível”. 

Francisco chegará a uma nação onde existem 31 igrejas ou templos distintos que pertencem a diferentes religiões e crenças. Entre as igrejas, está a catedral católica (de rito latino) de São José.