Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia
Redação da Aleteia / ACI Digital
Como surgem as intenções de oração do Papa?
María Álvarez de las Asturias
Como ajudar um casal que se separou?
Padre Reginaldo Manzotti
Oração para pedir luz ao Senhor
Padre Reginaldo Manzotti
5 lições de vida para ser feliz
Prosa e Poesia
Os recomeços
Vatican News / Redação da Aleteia
Papa aos juízes: não buscar interesse pessoal

Pedir perdão não dói

FORGIVNESS
Shutterstock
Compartilhar

O que machuca é o que se perde por não pedir perdão

Pedir perdão é uma dádiva. É reencontrar-se com o melhor que existe em si. É carinho para a alma de quem perdoa e principalmente para quem pede perdão. Gesto simples, mas divino.

Arrepender-se é um ato nobre porque envolve diversas características positivas, as quais formam uma personalidade especial. Além disso, reconhecer que erramos faz um bem enorme a quem ferimos e principalmente a nós mesmos.

A seguir, 10 razões que comprovam que pedir perdão é a alma do negócio:

1. Ser do bem

Quando pedimos perdão, comunicamos que não somos aquela pessoa que falhou, mas sim alguém bacana que cometeu um deslize. É preciso ser do bem para se arrepender e compreender a importância de um pedido de perdão.

2. Autoestima

A capacidade de se desculpar sinceramente com alguém eleva nossa autoestima, pois agregamos valores positivos à crença que temos de nós mesmos e de nossas capacidades.

3. Caráter

Reconhecer uma falha requer muita personalidade. Reconhecer e ainda pedir perdão é uma das maiores provas de que a pessoa tem um grande e admirável caráter.

4. Alívio da alma

Quando nos desculpamos com alguém, tiramos um peso enorme do peito e jogamos uma energia boa para o universo, o qual devolve muita positividade a nossas vidas.

5. Compreensão

Muitas vezes, esclarecer erros e pedir perdão é a única forma de fazer as pessoas entenderem nossas razões e perdoarem verdadeiramente.

6. Ponto final

Às vezes, um pedido de perdão é o que falta para resolvermos um assunto pendente e até uma relação que machucou. Ficamos livres para seguir em frente, sem culpa e preocupações.

7. Não fecha as portas

Errar todos erram, agora reconhecer uma falha é uma tarefa difícil e, por isso, admirável. Displicência causa má impressão, além do que, pessoas ressentidas tendem a fechar as portas para nós. Pedir perdão mostra que uma pessoa tem valor.

8. Confiança

Quando erramos e pedimos perdão comunicamos às pessoas que nossa intenção não era falhar e que queremos melhorar. Isso gera confiança porque gera o compromisso de fazer o que é certo.

9. Maturidade

Pedir perdão é vencer a culpa e agir com coerência, e essa é uma atitude que só as pessoas maduras têm.

10. Humildade

Vencer o orgulho e a arrogância de se achar infalível é mais do que ser justo, é ser humilde, porque exalta a importância dos sentimentos das outras pessoas para o mundo.

E não importa as justificativas que criamos para evitar de pedir perdão. Nenhuma delas vale a pena. Faça sua parte! Se o outro não lhe perdoar ou não se arrepender pelo que fez a você, não há problema algum, porque, pelos menos, você terá entrado em sincronia com o universo, deixando os anjos que o ajudam mais felizes e orgulhosos da pessoa que você é.

(via Resiliência Mag)

Aleteia Top 10
  1. Lidos