Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

O conselho de Madre Teresa para celebrarmos bem o Natal

MOTHER TERESA
Roslan Rahman | AFP
Compartilhar

Uma dica simples, mas profunda

O Natal vai se aproximando e a gente começa a pensar em muitas coisas diferentes. Às vezes isso pode desviar a nossa atenção do que é mais importante nesta época: a preparação para recebermos Jesus em nossas vidas novamente.

Mas o que podemos fazer para permanecermos focados e prepararmos os nossos corações para celebrarmos verdadeiramente o nascimento de nosso Salvador?

Santa Teresa de Calcutá tem um conselho simples – porém profundo – para vivermos bem este Advento. Diz ela: 

O Advento é como a primavera na natureza, quando tudo é renovado, fresco e saudável. O Advento nos refresca, nos torna saudáveis e capazes de receber a Cristo em qualquer forma que Ele venha a nós. No Natal, Ele vem como uma criancinha, pequeno, indefeso e necessitado de sua mãe e de todo o amor que uma mãe pode dar […]. Se realmente queremos que Deus nos preencha, devemos nos esvaziar – por meio da humildade – de todo o egoísmo de dentro de nós.

O conselho pode não parecer um grande segredo, mas terá um enorme poder se permitirmos que ele atinja nossas vidas.

É fácil se envolver com os presentes e se tornar egoísta nesta época. Estamos ansiosos para o Natal por causa do que vamos ganhar, em vez do que vamos dar. É esse egoísmo que nos impede de termos uma verdadeira celebração de Natal.

O segredo é a humildade e o espírito de caridade, que procura servir os outros acima de todas as coisas. Se conseguirmos acertar nisso, nosso Natal será uma experiência diferente e poderemos acolher verdadeiramente o Menino Jesus em nossos corações.