Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Papa: os orgulhosos não podem entender a vida

POPE FRANCIS
Antoine Mekary | ALETEIA | I.MEDIA
Compartilhar

Trabalhar com as crianças não é fácil, mas nos ensina muito, afirmou o Papa Francisco

Os orgulhosos, os soberbos não podem entender a vida, porque não são capazes de abaixar-se.

Foi o que afirmou o Papa Francisco ao dirigir-se, na Sala Paulo VI, na manhã deste domingo, às irmãs vicentinas, aos voluntários do Dispensário pediátrico Santa Marta, aos pais e às crianças assistidas pela estrutura, que oferece tratamentos pediátricos a crianças em dificuldade, provenientes do mundo inteiro.

“Todos nós – profissionais, organizadores, as irmãs, todos – damos muitas coisas às crianças; mas elas nos dão este anúncio, este ensinamento: abaixa-te. Abaixa-te, sê humilde, e assim aprenderás a entender a vida e a entender as pessoas.”

Trabalhar com as crianças não é fácil, mas nos ensina muito, continuou o Pontífice, acrescentando: a mim ensina uma coisa, “que para entender a realidade da vida é preciso abaixar-se, como nos abaixamos para beijar uma criança. Elas nos ensinam isso”.

Tratou-se de um encontro bastante animado neste domingo da alegria, com a presença de cerca de 800 pessoas na Sala Paulo VI, ocasião na qual Francisco fez suas felicitações natalinas e recebeu, antecipadamente, os parabéns pelo seu aniversário esta segunda-feira, 17 de dezembro, na qual celebra 82 anos de vida.

Em sua chegada, o Papa saudou uma a uma as crianças do Dispensário, sentando-se no meio delas nos degraus do palco. Francisco foi acolhido com o canto “Parabéns pra você”, uma bela coreografia natalina e um bolo de aniversário.

Francisco ouviu o testemunho de algumas crianças e de duas mães provenientes do Peru e Marrocos, desejou bom Natal a todos e presenteou às crianças confecções repletas de chocolates.

(Vatican News)