Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Alimente o seu espírito. Receba grátis os artigos da Aleteia toda manhã.
Inscreva-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Por que o padre se veste de rosa?

Shutterstock
Compartilhar

O belíssimo significado da cor litúrgica mais peculiar

Em um domingo do Advento e da Quaresma, os sacerdotes católicos têm a opção de vestir uma casula rosa.

É possível que o padre, se escolher esta cor, faça algum comentário sobre seu significado antes de começar a missa.

Jeffrey Bruno for Aleteia

Ainda que a escolha da cor e os comentários do sacerdote poderiam intrigar e divertir alguns paroquianos, a verdade é que as vestimentas já têm séculos de tradição católica. Há um profundo significado simbólico na cor litúrgica rosa.

Esta cor, usada somente duas vezes em todo o ano litúrgico, associa-se tradicionalmente a um sentido de alegria em um período de penitência. Em ambos os domingos (“Gaudete” no Advento e “Lætare  na Quaresma), o padre usa rosa para nos recordar que a temporada de preparação está chegando ao fim e a grande festa está próxima.

ROSE,VESTMENTS
Timothy Titus | CC BY-SA 3.0

O rosa representa uma quebra na austeridade do Advento ou da Quaresma, simbolizando uma alegria contida.

Inclusive a antífona de entrada cantada tradicionalmente no Domingo de Lætare (4º Domingo da Quaresma) fala da alegria que nos inunda:

Lætare Jerusalem: et conventum facite omnes qui diligitis eam: gaudete cum lætitia, qui in tristitia fuistis: ut exsultetis, et satiemini ab uberibus consolationis vestræ.

Em Português:

Alegra-te, Jerusalém; rejubilai, todos os seus amigos. Exultai de alegria, todos vós que participastes no seu luto e podereis beber e saciar-vos na abundância das suas consolações.

A antífona do 3º Domingo do Advento é semelhante: “Alegrai-vos sempre no Senhor. Exultai de alegria: o Senhor está perto”.

Então, quando vemos a cor rosa na missa, somos convidados a alegrar-nos: a estação da penitência está acabando e se aproxima a celebração do Nascimento ou da Ressurreição de Cristo, segundo cada época litúrgica.