Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia
Cynthia Dermody / Redação da Aleteia
Quaresma: 5 desafios para casais

7 curiosidades sobre o feriado de Ano Novo

Compartilhar

Uma data que esconde curiosidades e tradições ao redor do mundo

A tradicional comemoração de Ano Novo esconde curiosidades e tradições um tanto inusitadas. Confira sete delas:

1 – O Réveillon é o feriado mais antigo do mundo. Ele já era comemorado pelos povos babilônicos, cerca de quatro mil anos atrás;

2 – “Adeus, Ano Velho!” é a música mais famosa do Réveillon brasileiro. Ela foi composta em 1951 por Chico Alves, com letra de David Nasser;

3 – Em Salvador, na Bahia, a festa de Bom Jesus dos Navegantes acontece no primeiro dia do ano. A imagem de Jesus Cristo cruza a baía de Todos os Santos acompanhada por centenas de embarcações ornamentadas;

4 – As promessas feitas na passagem de ano, tão comuns e tão descumpridas, não são uma tradição recente. Os babilônios já as faziam isso;

5 – O Ano Novo era celebrado no dia 15 de março e só passou a ser comemorado no dia 1° de janeiro em 1582, quando as nações cristãs adotaram o calendário criado pelo papa Gregório VIII;

 Em países não cristãos, a data do início do ano novo foi adaptada às tradições e/ou adotado para uso civil;

7 – Em Talca, uma pequena cidade chilena localizada a 255 km de Santiago, os moradores têm o costume de passar o Ano Novo no cemitério, junto aos familiares mortos. As portas do local se abrem sempre às 23h45 do dia 31 de dezembro, para que as pessoas possam virar o ano ao lado das tumbas.

(Jovens de Maria)

 

Tags:
ano novo