Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 20 Outubro |
Aleteia logo
home iconAtualidade
line break icon

Coreia do Norte reconhece dificuldades em sua agricultura

WORK FARM

Ludovic MARIN I AFP

Farm labourers work in a vineyards on August 16, 2017 in Marsala, on the Italian island of Sicily. / AFP PHOTO / ludovic MARIN

Agências de Notícias - publicado em 28/12/18 - atualizado em 28/12/18

A produção agrícola é insuficiente para as necessidades do país

A Coreia do Norte, que não tem o hábito de comentar seus fracassos, reconheceu que sua agricultura enfrentou dificuldades este ano, duas semanas após a ONU ter anunciado uma queda na produção de alimentos do país.

A produção agrícola é insuficiente para as necessidades da Coreia do Norte, onde as terras cultiváveis registram queda e o material é obsoleto. O país sofreu vários episódios de fome nos últimos anos, com milhares de vítimas – algumas estimativas citam milhões – em meados da década de 1990.

O primeiro-ministro Pak Pong Ju mencionou na semana passada, durante uma reunião com dirigentes agrícolas em Pyongyang, as dificuldades em algumas granjas e unidades de produção, informou nesta quinta-feira a agência oficial KCNA.

“Disse que não conseguiram realizar as atividades de produção e gestão de sementes de maneira responsável”, declarou Pak, segundo a KCNA.

Além disso, destacou “a necessidade de alcançar os objetivos de produção de sementes” estabelecidos no plano quinquenal que termina em 2020.

Em seu relatório trimestral publicado há duas semanas, a Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO) indica que Pyongyang deve aumentar as importações no próximo ano.

A Coreia do Norte terá que importar 641.000 toneladas de alimentos em 2019, contra 458.000 este ano.

A FAO calcula que 10,3 milhões de pessoas precisam de ajuda humanitária neste país de 25 milhões de habitantes.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
2
AVENIDO BROTHERS
Agnès Pinard Legry
Três irmãos são ordenados padres no mesmo dia
3
COMMUNION
Philip Kosloski
Oração ao seu anjo da guarda antes de receber a comunhão
4
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
5
MARRIAGE
Matrimonio cristiano
Beijar a aliança todos os dias: uma indulgência especial aos casa...
6
Aleteia Brasil
O segredo da cidade bósnia onde jamais houve um divórcio
7
Livres de todo mal
O demônio tem mais poder à noite ou em determinada época do ano?
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia