Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Pe. Reginaldo Manzotti: essa paz que você está buscando

WOMAN MEDITATING
By sun ok | Shutterstock
Compartilhar

Jesus nos dá a receita para viver em paz e ser feliz

A cada passagem para um novo ano reiteramos às pessoas que nos relacionamos os votos de paz. Não por acaso o dia 1º de janeiro é celebrado como Dia Mundial da Paz.

Ao nos deixar a receita para a verdadeira felicidade, as “Bem-Aventuranças”, Jesus elenca: “Felizes os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus” (Mt 5,9). Todos somos promotores da paz, mas para isso é necessário que entendamos que não se trata do conceito de paz meramente superficial, que vem de fora para dentro, passageira, como o mundo oferece.

Mas aquela paz duradoura, que reside em nosso interior e abranja todas as áreas do nosso ser, aquela que Jesus prometeu: “Deixo-vos a paz, dou-vos a minha paz. Não vo-la dou como o mundo a dá. Não se perturbe o vosso coração, nem se atemorize!” (Jo 14,27).

Essa paz é fruto do Espírito Santo, que brota no interior de cada um de nós, e através de nós se estende no ambiente familiar, de trabalho, e em todos os segmentos da sociedade.

Diferente das virtudes teologais: fé, esperança e caridade, que são dons infusos por Deus no Batismo, as outras virtudes, dons e os frutos do Espírito Santo precisam ser buscados, pedidos, e permitidos ou seja, se quisermos ter a paz interior, precisamos deixar que o Espírito Santo que habita em nós pelo Batismo, aja em nós.
Esta ação acontece quando meditamos a Palavra de Deus, como diz o Salmista: “Quero ouvir o que o Senhor irá falar: é a paz que ele vai anunciar” (Sl 84, 9).

Acontece através da oração, devemos pedir a Deus que seu Espírito nos traga a paz, como ressaltou São Paulo: “Não vos inquieteis com nada! Em todas as circunstâncias apresentai a Deus as vossas preocupações, mediante a oração, as súplicas e a ação de graças. E a paz de Deus, que excede toda a inteligência, haverá de guardar vossos corações e vossos pensamentos, em Cristo Jesus” (Fl 4, 6-7).

Uma pessoa que não consegue a paz interior, vive ansiosa e com medo do presente e do futuro. Já aquela se abre a ação do Espírito, busca e exercita este fruto, mesmo quando tudo ao redor parece desmoronar, mesmo nas tribulações mantém-se sereno e confiante.

Desejo neste ano que está apenas começando, que você encontre e permaneça na paz do Senhor Jesus, promovendo-a por onde passar, a quem encontrar.

————–

Padre Reginaldo Manzotti é fundador e presidente da Associação Evangelizar é Preciso – Obra considerada benfeitora nacional que objetiva a evangelização pelos meios de comunicação – e pároco reitor do Santuário Nossa Senhora de Guadalupe, em Curitiba (PR). Apresenta diariamente programas de rádio e TV que são retransmitidos e exibidos em parceria com milhares de emissoras no país e algumas no exterior. Site: http://www.padrereginaldomanzotti.org.br. Facebook: http://www.fb.com/padrereginaldomanzotti. | Twitter: @padremanzotti | Instagram: @padremanzotti | Youtube: youtube.com/PadreReginaldo Manzotti

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.