Aleteia
Quarta-feira 21 Outubro |
São Bertoldo de Parma
Estilo de vida

Não se culpe por abandonar alguns planos: você não é mais a mesma pessoa de ontem

Por Impact Photography/Shutterstock

Provocações Filosóficas - publicado em 04/01/19

Não se culpe por ter que abandonar planos, lugares, por querer mais, melhor, por se fortalecer e dizer nunca mais. Você simplesmente estará caminhando junto com o ritmo da vida, que não para nunca.

O tempo passa, a vida corre, as coisas mudam, mudamos nós também. Viver vai trazendo experiências, sabedoria, paciência e novas formas de enxergar o mundo e as pessoas.

Renovamos quem somos a cada amanhecer, somando o que foi bom e descartando o que foi ruim, guardando cada sentimento dentro de nosso coração, para torná-lo cada vez mais forte.

O nosso eu de agora, portanto, não é o mesmo de outrora, porque a vida tem que caminhar, ressignificando-se, encontrando novos caminhos, novas paragens, novos encontros, trazendo-nos novidades, mostrando-nos soluções, abrindo e fechando portas, para que estejamos em constante aprendizado. É assim que a gente vai se tornando mais forte, mais seguro, mais gente de verdade.

Nesse movimento, inevitável nos depararmos com novas perspectivas, novos sonhos, novas metas. Nossos interesses mudam de foco e passamos a valorizar o que nem imaginávamos, espreitando horizontes outros, com um olhar mais maduro. De repente, a gente sente necessidade de abandonar crenças, lugares e pessoas que não parecem mais ter sentido algum na vida que passamos a querer.

A gente passa a querer caminhar com passos mais largos, junto a amores fortes, com sentimentos recíprocos, de mãos dadas com gente disposta a torcer verdadeiramente por nós. E, nisso tudo, pode não mais haver espaço para planos e pessoas que queríamos, tempos atrás, manter a qualquer custo conosco. O que parecia vital então não o será mais; quem parecia insubstituível nem nos fará mais falta alguma.

Portanto, não se culpe por ter que abandonar planos, lugares, por querer mais, melhor, por se fortalecer e dizer nunca mais. Você simplesmente estará caminhando junto com o ritmo da vida, que não para, nunca retrocede, jamais lamenta, apenas segue, em frente, seguindo. Somos humanos, aprendentes, em constante aprendizado e renovação diária. Um brinde a isso tudo!

(via Provocações Filosóficas)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
CARLO ACUTIS
John Burger
Como foram os últimos dias de vida de Carlo A...
violência contra padres no Brasil
Francisco Vêneto
Outubro de cruz para padres no Brasil: um per...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Pe. Gilmar
Reportagem local
Padre é encontrado após três dias desaparecid...
CHILE
Reportagem local
Duas igrejas são incendiadas durante protesto...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia