Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Padre Zezinho lança um apelo: “Doe sangue. Doe sangue!”

Pe Zezinho doar sangue
Compartilhar

"O doador raramente sabe a quem está salvando. É um ato de comunhão: deu um pouco da sua vida a quem estava morrendo!"

Um dos sacerdotes mais conhecidos e queridos do Brasil, o pe. Zezinho publicou em sua página no Facebook um apelo concretamente solidário e eficazmente salvador:

DOE SANGUE. DOE SANGUE!
Pe. Zezinho scj 

Na minha juventude doei sangue e fiz campanha para motivar doadores de sangue. Depois de problemas de diabetes e câncer fui aconselhado a não doar mais sangue. Mas sigo motivando outros cidadãos sadios e jovens a doar um pouco da sua riqueza chamada “saúde” para os acidentados e enfermos que precisam de sangue sadio para sobreviver.

E o mais bonito é que o doador raramente sabe a quem está salvando. Só sabe que há pessoas hoje vivas que teriam morrido sem o seu sangue partilhado! Não deixa de ser um ato de comunhão! Deu um pouco da sua vida a quem estava morrendo!

Vá a um centro de coletas ou a um hospital e doe um pouco da sua vida a quem está em perigo de morrer. Aquela picada de agulha vai fazer a diferença para os enfermos da sua cidade.

DOE SANGUE! DOE SANGUE!

Medula

Além de sangue, você também pode doar medula óssea – e é mais fácil do que muita gente imagina:

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.