Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 04 Agosto |
São João Maria Vianney
home iconReligião
line break icon

Pe. Quevedo: “Os comunistas assassinaram o meu pai”

Padre Quevedo

Captura de Tela YouTube

Reportagem local - publicado em 11/01/19

O futuro sacerdote tinha apenas 7 anos quando seu pai foi vítima de um dos mais sangrentos episódios do século XX de ódio contra os cristãos

Muito conhecido no Brasil como estudioso da parapsicologia e “desmascarador” de charlatismos e curandeirismos ditos “espirituais” e “sobrenaturais”, o padre jesuíta Óscar González-Quevedo Bruzón, ou simplesmente Padre Quevedo, faleceu nesta semana em Belo Horizonte aos 88 anos de idade.

Nascido em Madri em 1930, ele tinha se naturalizado brasileiro em 1960.

Seu pai, que era deputado na Espanha, manteve-se abertamente ao lado da Igreja durante a sangrenta Guerra Civil Espanhola (1936-1939), em que os autoproclamados revolucionários, partidários de ideologias como o comunismo e o anarquismo, perseguiram, torturaram e assassinaram centenas de sacerdotes e religiosos espanhóis.

Nos dois artigos recomendados logo abaixo desta matéria você pode encontrar mais informações sobre esse período abominável do século XX, “convenientemente” pouco mencionado pela mídia e pela maioria dos professores de História.

Fuzilamento

Quando Quevedo tinha apenas 7 anos, seu pai foi fuzilado pelas tropas socialistas espanholas. Conforme o depoimento do sacerdote, as últimas palavras do pai antes de sofrer o martírio, a exemplo dos cristeros mexicanos, foram “Viva Cristo Rei!“.

Ouça o próprio pe. Quevedo narrar o fato neste vídeo de pouco mais de 1 minuto:

Saiba mais sobre a perseguição anticatólica na Guerra Civil Espanhola:




Leia também:
Terror vermelho na Espanha: seu professor de História lhe contou da perseguição sangrenta contra padres e freiras?


Fernando Saperas mártir da castidade

Leia também:
O mártir da castidade: milicianos comunistas tentaram até violentá-lo, mas ele morreu fiel

Tags:
comunismoIdeologiaPerseguição
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Reportagem local
Gritos levam polícia à casa de dois idosos, que choravam copiosam...
2
Sintomas da depressão
Reportagem local
8 sintomas físicos da depressão: fique atento a si mesmo e ao seu...
3
Philip Kosloski
Mesmo com ouro e glória, Michael Phelps foi ao fundo do poço – ma...
4
MAN
Reportagem local
Oração da noite para serenar o espírito e pacificar a ansiedade
5
Pe. Edward Looney
Padre revela: por que sempre levo água benta comigo ao viajar
6
sacerdotes
Reportagem local
Suicídio de sacerdotes: desabafo de padre brasileiro comove as re...
7
Aleteia Brasil
Sorrisão e joelhos: 2 pais brasileiros e seus bebês que emocionar...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia