Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 23 Janeiro |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

O contêiner que virou mosteiro

CONTEINER

Reprodução / Facebook

Contêiner foi adaptado para receber as religiosas

Reportagem local - ACI Digital - publicado em 23/01/19

Local foi adaptado para abrigar monjas de clausura que tiveram que abandonar o mosteiro onde viviam

As monjas beneditinas de Núrsia, que tiveram que abandonar o seu mosteiro por causa do terremoto de outubro de 2016, voltarão para esta região italiana nas próximas semanas para morar temporariamente em um ‘contêiner’ adaptado especialmente para que vivam a clausura.

Em 30 de outubro de 2016, um terremoto de 6,5 graus na escala Richter atingiu a região central da Itália, afetando também Núrsia, cidade natal de São Bento, o padroeiro da Europa.

O terremoto destruiu a Basílica de São Bento, a Catedral de Santa Maria Argentea, o Mosteiro Beneditino de Santo Antônio, o mosteiro das irmãs Clarissas, entre outros.

As chaves desta estrutura foram entregues à Madre Caterina Corona pelo prefeito Nicola Alemanno. “Vocês são uma parte importante da nossa comunidade. Tê-las de volta a Núrsia será muito importante para todos nós”, disse durante a cerimônia realizada no domingo.

Dez monjas beneditinas viverão nessa estrutura até que seu mosteiro seja restaurado. Por dentro, foram adaptados quartos, uma sala de jantar, uma capela e outras áreas para que possam retomar, em parte, suas atividades. Veja como ficou, clicando nas imagens abaixo.

Há alguns dias, o bispo de Spoleto-Norcia, Dom Renato Boccardo, afirmou que o retorno das monjas beneditinas “é um momento esperado e importante. As monjas contavam os dias para retornar e, finalmente, estarão de novo em sua terra, compartilhando com as pessoas a precariedade e a dificuldade da reconstrução pós-sísmica. Será uma presença ulterior, silenciosa, discreta e, sobretudo, orante da Igreja entre os afetados”.

(ACI Digital)

Tags:
IgrejaIgreja Católica
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia