Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 30 Outubro |
Santo Angelo de Acri
home iconAtualidade
line break icon

Brumadinho: Igreja se mobiliza para ajudar vítimas da tragédia

Presidência da República/Divulgação

Reportagem local - publicado em 28/01/19

Voluntários e religiosos se unem para levar solidariedade e apoio espiritual neste momento de dor e revolta

O rompimento da barragem de rejeitos de minério em Brumadinho, MG, deixou mortos e centenas de desaparecidos. Muita gente perdeu seus pertences por causa do mar avassalador de lama que se formou nas regiões ribeirinhas.

Logo após a tragédia, centenas de voluntários se juntaram para prestar o amparo às vítimas. Muitas pessoas ainda não têm informações sobre familiares desaparecidos; outras precisam de orientação sobre identificação dos corpos, velórios e enterros.

A arquidiocese de Belo Horizonte se juntou a um comitê formado por representantes do Governo de Minas, da Prefeitura de Brumadinho, da Defensoria Pública da União e líderes da sociedade civil. O objetivo é somar forças em nome da solidariedade neste momento de dor e revolta.

Durante encontro com os membros do comitê, a Igreja reforçou a importância de um acompanhamento ainda mais próximo do poder público, especialmente no cadastro das vítimas. Esse cadastro é determinante nos processos de indenização, conforme explica o frei Rodrigo Pereira, da Comissão de Mineração da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Dia e noite em contato com as vítimas, padre Renê reforça o entendimento de que a tragédia devastou a comunidade. “Cada lar de Brumadinho está sofrendo de algum modo. Os funcionários da Vale eram moradores da nossa cidade.”

A Secretária Estadual de Impacto Social, Elizabeth Jucá, informou que o Estado está fazendo o cadastro das pessoas desaparecidas. Familiares podem procurar o Ginásio Poliesportivo da Cidade e também a Estação do Conhecimento, levando fotos dos que não estão nos registros oficiais.

O prefeito de Brumadinho, Alvimar de Melo disponibilizou o Ginásio Poliesportivo da Cidade para que os mortos sejam velados. Padres da Arquidiocese de Belo Horizonte e de Congregações Religiosas se organizam para oferecer assistência espiritual aos enlutados.

Representando o Movimento dos Atingidos pela Barragem na reunião, Joceli Andreolli indicou o que deve ser prioridade: “As pessoas saberem onde estão seus mortos, para sepultá-los, com a devida assistência espiritual”.

Apoio de seminaristas

Seminaristas da Arquidiocese de Belo Horizonte deram uma pausa no retiro espiritual que sempre fazem no início de ano. Eles seguiram para  Brumadinho com a missão de levar a solidariedade e o conforto da Palavra de Deus à população atingida pelo rompimento da barragem no Córrego do Feijão.

Os seminaristas do Seminário Coração Eucarístico de Jesus (Sacej) rezam com a população na Igreja São Sebastião, visitam as famílias que sofrem com a morte e o desaparecimento de parentes e amigos.

Campanha solidária #JuntosporBrumadinho

A Arquidiocese de Belo Horizonte iniciou uma campanha solidária para arrecadar roupas, alimentos e água, que serão destinados aos atingidos pelo rompimento da barragem.

As doações podem ser entregues (todos os dias, inclusive aos sábados e domingos, das 8h às 18h) no Vicariato Episcopal para a Ação Social e Política (Rua Além Paraíba, 208 – Lagoinha | (31) 3423-2187).

Para a população de Brumadinho as doações podem ser entregues na Paróquia São Sebastião. Também é possível fazer doações em dinheiro. Para saber mais, clique aqui.

Fonte: Arquidiocese de Belo Horizonte 


POPE FRANCIS

Leia também:
O Papa Francisco reza pelas vítimas de Brumadinho

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
solidariedadetragedia
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia