Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 22 Outubro |
Santos Filipe e Hermes
Aleteia logo
home iconAtualidade
line break icon

Papa: não façam da internet uma simples vitrine para exibidos

AFP PHOTO / Alberto PIZZOLI

Reportagem local - publicado em 28/01/19

Francisco pede que a rede seja "uma janela aberta para o mundo" e não um mero canal de narcisismo

O 53º Dia Mundial das Comunicações Sociais será celebrado em 2 de junho, mas o Vaticano já divulgou neste último 24 de janeiro a mensagem especial do Papa Francisco para essa jornada.

Ele pede que a internet, com as redes sociais em particular, seja “uma janela aberta para o mundo” em vez de meramente “uma vitrine onde se exibe o próprio narcisismo”.

Francisco destacou que a própria Igreja “é uma rede” tecida pela comunhão eucarística: nela, a união entre os membros não se baseia nas “curtidas” e sim no “amém” com que cada um adere ao Corpo de Cristo mediante o acolhimento do próximo.

O título da mensagem, aliás, é justamente este: “‘Somos membros uns dos outros’ (Ef 4, 25): das comunidades de redes sociais à comunidade humana”.

Informação ou desinformação?

A internet, segundo o Papa, apresenta “uma possibilidade extraordinária de acesso ao saber“, mas, ao mesmo tempo, pode ser manipulada a ponto de se tornar um obstáculo ao acesso à verdade:

“[A internet também] se revelou como um dos locais mais expostos à desinformação e à distorção consciente e pilotada dos fatos e das relações interpessoais, a ponto de muitas vezes cair no descrédito. É necessário reconhecer que, por um lado, as redes sociais servem para nos conectarmos melhor, levando-nos a encontrar e ajudar uns aos outros, mas, por outro, também se presta a um uso manipulador dos dados pessoais, visando obter vantagens no âmbito político ou econômico sem o devido respeito pela pessoa e pelos seus direitos. As estatísticas sobre os mais jovens revelam que 1 em cada 4 adolescentes está envolvido em episódios de cyberbullying”.

A metáfora da rede

“Na complexidade deste cenário, pode ser útil voltar a refletir sobre a metáfora da rede. A metáfora da rede lembra outra figura densa de significados: a comunidade. Uma comunidade é tanto mais forte quando mais for coesa e solidária, animada por sentimentos de confiança e empenhada em objetivos compartilháveis. Como rede solidária, a comunidade requer a escuta recíproca e o diálogo baseado no uso responsável da linguagem”.

Identidade mal entendida: contraposição

“Na rede social, a identidade muitas vezes se baseia na contraposição ao outro, à pessoa estranha ao grupo: define-se mais a partir daquilo que divide do que a partir daquilo que une, dando espaço à suspeita e à explosão de todo tipo de preconceito: étnico, sexual, religioso e outros. Esta tendência alimenta grupos que excluem a heterogeneidade, alimentam no próprio ambiente digital um individualismo desenfreado, acabando às vezes por fomentar espirais de ódio“.

Ilusão e isolamento

“A rede é uma oportunidade para promover o encontro com os outros, mas pode também agravar o nosso auto-isolamento, como uma teia de aranha capaz de capturar. Os jovens estão mais expostos à ilusão de que a rede social pode satisfazê-los completamente no âmbito relacional, até se chegar ao perigoso fenômeno dos jovens ‘eremitas sociais’, que correm o risco de ficar totalmente alheios à sociedade”.

Como a rede pode ser um bom recurso

“Se uma família utiliza a rede para estar mais conectada, para depois se encontrar à mesa e olhar-se olhos nos olhos, então é um recurso. Se uma comunidade eclesial coordena a sua atividade através da rede para depois celebrarem juntos a Eucaristia, então é um recurso. Se a rede é uma oportunidade para me aproximar de casos e experiências de bondade ou de sofrimento distantes fisicamente de mim, para rezarmos juntos e, juntos, buscarmos o bem na descoberta daquilo que nos une, então é um recurso“.
Tags:
IgrejaInternetPapa Francisco
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
2
Casal brasileiro com 8 filhos espera gêmeos
Francisco Vêneto
Jovem casal brasileiro com 8 filhos espera gêmeos: “cada um vale ...
3
Reportagem local
A bela lição que este menino deu a todos ao se aproximar do Papa
4
Carlo Acutis
Gelsomino Del Guercio
“Ele fechou os olhos sorrindo”: foi assim que Carlo Acutis morreu
5
São José
Francisco Vêneto
Padre irmão de piloto de avião partido em dois: “São José tem mui...
6
Papa Emérito Bento XVI
Francisco Vêneto
Bento XVI: “Espero me unir logo” aos amigos que já estão na etern...
7
JESUS
O São Paulo
Que os mortos enterrem seus mortos: o que Jesus quis dizer com is...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia