Aleteia
Quarta-feira 21 Outubro |
São Bertoldo de Parma
Atualidade

Sobe para 121 número de mortos em rompimento de barragem

Israel Defense Forces Brumadinho-MG

Agências de Notícias - publicado em 03/02/19

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais informou que ainda há 226 desaparecidos

O número de mortos no rompimento de uma barragem de resíduos de mineração da empresa Vale em Brumadinho (MG), há uma semana, subiu de 115 para 121, segundo o último balanço divulgado neste sábado (2) pelas autoridades.

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais informou que ainda há 226 desaparecidos e que 93 corpos já foram identificados.

A tragédia deixou de luto Brumadinho, pequena cidade de 39.000 habitantes a 60 km de Belo Horizonte, quando uma barragem da mina de Córrego do Feijão se rompeu em 25 de janeiro, provocando uma maré de lama que varreu tudo o que encontrou pela frente.

Emissoras de TV divulgaram na sexta-feira uma chocante série de vídeos de câmeras de segurança que mostram o momento exato do rompimento da barragem e a tsunami de lama que desce a toda velocidade, varrendo a vegetação e as instalações da mina da Vale.

A maioria dos mortos e desaparecidos trabalhavam no local e muitos deles estavam almoçando no refeitório da empresa, uma das primeiras estruturas atingidas pela enxurrada.

As buscas, realizadas por 250 bombeiros e vários helicópteros, vão continuar por tempo indeterminado, mas se espera que o número de mortos confirmados suba lentamente devido à dificuldade de acesso a algumas localidades.

Segundo explicou à imprensa o tenente Pedro Aihara, porta-voz dos bombeiros, em alguns pontos a lama chega a 20 metros, o que torna mais complicado o trabalho de escavação.

A tragédia, cujos impactos ambientais ainda são desconhecidos, ocorre três anos depois do rompimento de outra barragem de rejeitos na mesma região em uma mina da Samarco (joint-venture da Vale e da australiana BHP).

O desastre que afetou em 2015 a cidade de Mariana deixou 19 mortos e devastou ecossistemas inteiros, tornando-se o pior desastre ambiental da história do Brasil.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Brasil
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
CARLO ACUTIS
John Burger
Como foram os últimos dias de vida de Carlo A...
violência contra padres no Brasil
Francisco Vêneto
Outubro de cruz para padres no Brasil: um per...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Pe. Gilmar
Reportagem local
Padre é encontrado após três dias desaparecid...
CHILE
Reportagem local
Duas igrejas são incendiadas durante protesto...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia