Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Papa nos Emirados Árabes: foco no diálogo

PAPIEŻ FRANCISZEK W EMIRATACH ARABSKICH
AP/Associated Press/East News
Compartilhar

Grande evento do dia e motivo de sua viagem: o Encontro Inter-religioso no Founder’s Memorial

A segunda-feira do Papa Francisco nos Emirados Árabes Unidos é dedicada ao diálogo inter-religioso.

Após celebrar a missa em caráter privado no Palácio Al Mushrif, onde pernoita em sua estada em Abu Dhabi, o Pontífice se dirigiu ao Palácio Presidencial para a cerimônia de boas-vindas.

Ali, foi acolhido pelo príncipe herdeiro, Xeque Mohammed bin Zayed Al Nahyan. Após a execução dos hinos e da apresentação das delegações, os dois líderes se reuniram para um encontro privado.

O príncipe herdeiro é filho do Xeque Zayed bin Sultan Al Nahyan, que é considerado o “pai da nação” e primeiro presidente dos Emirados Árabes Unidos, e irmão do Xeque Khalifa bin Zayed Al Nahyan, presidente dos Emirados Árabes Unidos.

Após deixar a residência presidencial, o Pontífice voltou para o Palácio Al Mushrif para o almoço.

Na parte da tarde, estava programado o encontro privado com os membros do Conselho Islâmico dos Anciãos na Grande Mesquita do Xeque Zayed. O Papa seria recebido pelo Grande Imã de al-Azhar, Ahmad al-Tayeb, que já veio duas vezes visitar o Papa no Vaticano e acolheu Francisco durante sua viagem apostólica ao Egito.

O Conselho é uma organização internacional independente, com sede em Abu Dhabi, que promove a paz nas comunidades islâmicas. O Conselho reúne estudiosos, especialistas e dignitários muçulmanos estimados pelos princípios de justiça, independência e moderação.

Os membros dedicam uma atenção especial aos conflitos internos das comunidades muçulmanas e às causas que as originam, com a finalidade de defender os valores humanitários e os princípios de tolerância do Islã, em oposição ao sectarismo e à violência.

Da Mesquita, o Papa se dirige para o grande evento do dia e motivo de sua viagem: o Encontro Inter-religioso no Founder’s Memorial. Trata-se de uma conferência global sobre a fraternidade humana, ocasião em que Francisco pronunciará o seu primeiro discurso.

(Vatican News)