Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 28 Outubro |
São Sálvio
home iconEspiritualidade
line break icon

Francisco Marto: "Sofro para consolar Nosso Senhor”

São Francisco Marto

Santuário de Fátima

ADF - publicado em 06/02/19

Para atender a um pedido de Nossa Senhora de Fátima, ele mergulhou em sofrimento, mas nunca perdeu a alegria

Entre os pastorinhos, Francisco Marto foi quem demostrou grande afeto pela Sagrada Eucaristia, logo em seguida Jacinta. A primeira vez que a recebeu foi em 1916, o que fez com que seu amor por Nosso Senhor aumentasse. Eis o que ele diz:

“Eu sentia que Deus estava em mim, mas não sabia como era!”

No ano seguinte foi quando ocorreu a primeira aparição de Fátima (13 de Maio de 1917). Nossa Senhora pedia orações do Santo Rosário pela conversão dos pecadores e que oferecessem sacrifícios pela remissão dos ultrajes cometidos a Deus.

Ela foi atendida e eles adotaram tais práticas. Rezavam o Santo Rosário e praticavam a “flagelação” pois como eram crianças, achavam que não tinham o que oferecer.

Meses depois Ela aparece mais uma vez aos três, porém estava tomada por um ar de tristeza. Foi quando Nossa Senhora pediu:

“Não ofendam mais a Deus Nosso Senhor que já está muito ofendido.”

Tais palavras sensibilizaram Francisco. Fizeram com que ele encontrasse uma nova razão para orar cada vez mais pelo conforto de Jesus. Dessa maneira Maria não sofreria.

Leia um pequeno trecho escrito por Lúcia em uma de suas cartas:


Francisco Marto PNH– Francisco, tu de que gostas mais: de consolar a Nosso Senhor ou converter os pecadores, para que não (vão) fossem mais almas para o inferno?

– Gosto mais de consolar Nosso Senhor.
Não reparaste como Nossa Senhora, ainda no último mês, se pôs tão triste, quando disse que não ofendessem a Deus Nosso Senhor, que já está muito ofendido?

Eu queria consolar a Nosso Senhor e depois converter os pecadores, para que não O ofendessem mais.

Francisco almejava ir para o céu, pois somente assim poderia confortar pessoalmente Nosso Senhor. O que ocorreu de certa forma, já que ele foi alvo de uma pneumonia, passou dias acamado e faleceu mais tarde.

Lúcia escreveu em suas cartas que sempre quando ia fazer uma visita, ele estava alegre. Ele dizia que estava oferecendo suas dores ao Nosso Senhor e que, muito em breve, Fátima iria buscá-lo.

(Associação Devotos de Fátima)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
FátimaSofrimento
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Pe. Zezinho
Francisco Vêneto
Duas emissoras brasileiras deturpam fatos em ...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia